15 presos são transferidos de Lábrea para Manaus após decisão judicial

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informa que 15 presos que estavam custodiados na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município de Lábrea (a 853 quilômetros de Manaus) foram transferidos para o Centro de Detenção Provisório Masculino 1, localizado no quilômetro 8 da BR 174, em Manaus.

Os presos são Wesley Bezerra, o “Pupu”; Cristian Cardoso de Macedo, vulgo “Novo”; Ítalo Gonzaga Guimarães, “Gathula” ou “Magrão; Weverson Fernandes de Souza, o “Nena”; Kerli Campos Ferreira, Kelvin Campos Ferreira, Antonio Moura do Nascimento, Jucélio Batista Dias, Francisco Santos Menezes, Railque Pereira da Silva, Martinez Sabino Veiga, Franknaldo Moura Martins, Jordeilson Alves Silva, André da Silva Ferreira de Souza e Carlos Alberto Silva Cardoso.

De acordo com o Secretário de Segurança Pública, Coronel Amadeu Soares, a transferência se deu por conta de uma determinação judicial, assinada pelo juiz de direito Gonçalo Brandão de Souza. “É uma medida providencial, pois a delegacia de Lábrea, que funciona como presídio, estava superlotada e o juiz por prudência solicitou a transferência”, afirmou.

Segundo o delegado Henrique Brasil, titular do Departamento de Polícia Civil do Interior (DPI), não houve princípio de motim ou rebelião na delegacia, porém os presos transferidos costumavam criar confusão dentro das celas e incitar a violência dentro da delegacia. “Todos fazem parte de organizações criminosas rivais e, para manter a segurança dos servidores e de outros detentos, o delegado do município solicitou a transferência”, finalizou Brasil.