Take a fresh look at your lifestyle.

17 detentos de Rio Preto da Eva são transferidos para Manaus

-publicidade-

A Polícia Civil do Amazonas realizou, no início da tarde da última sexta-feira (03/03), por volta das 14h, a transferência de 17 detentos que estavam custodiados na carceragem da 36ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Rio Preto da Eva (município distante 57 quilômetros em linha reta da capital). A ação contou com o apoio de agentes da Secretaria do Estado de Administração Penitenciária (Seap).

No total, foram transferidos 15 presos provisórios e outros dois indivíduos condenados, que já estão cumprindo pena. Todos os detentos são do sexo masculino, e estavam respondendo por diferentes crimes, como, por exemplo, tráfico de drogas, estupro, homicídio e latrocínio.

A transferência foi planejada com o intuito de garantir condições mínimas de bem-estar dos presos, inclusive evitando o risco de contaminação de doenças contagiosas, especialmente neste período em que o mundo inteiro enfrenta uma pandemia de coronavírus”, disse a delegada Sylvia Laureana.

Ele destacou, ainda, que as atividades policiais poderão ser realizadas com mais tranquilidade, já que, com as carceragens disponíveis, não haverá a preocupação com problemas ocasionados por superlotações. A transferência foi uma determinação judicial, expedida no dia 26 de março de 2020, pelo juiz Carlos Jardim, da Vara de Justiça de Rio Preto da Eva.

Procedimentos – Os 17 detentos foram encaminhados à Central de Recebimento e Triagem (CRT). Em seguida, eles serão encaminhados para uma unidade prisional da capital.

FOTO: Divulgação/PC-AM

-publicidade-