Take a fresh look at your lifestyle.

1,8% foi o crescimento do comércio amazonense em novembro passado

-publicidade-

O volume de vendas do comércio varejista do Estado apresentou, em novembro de 2014, resultados positivos na comparação com igual mês do ano anterior. Mesmo considerando as influencias sazonais, a taxa foi de 1,8% que embora menor que outubro (1,9%) e setembro (2,1%), ainda pode ser considerada boa.

A variação do volume de vendas de 1,8% em Novembro acompanhou uma tendência de alta que vinha se apresentando desde Setembro, iniciando de certa forma uma recuperação. haja visto que no primeiros semestre houveram três meses de queda (março/abril/junho).

Este indicador de Novembro contribuiu para a manutenção do crescimento acumulado no ano de 2014 permanecer em 1%, mesmo índice de outubro. Já o acumulado dos últimos doze meses chegou a 1,7%, uma pequena redução na comparação com o ocorrido em Outubro (2,2%). Neste indicador, a situação do comércio amazonense estava abaixo da média nacional, onde o acumulado no ano alcançou em Novembro 2,4. Já na comparação com outras praças do país, o comércio local ocupava a 24ª posição; ranking este liderado pelo comércio do Acre com 13% de crescimento no ano.

O calculo da variação da receita nominal é livre de influência sazonal como a inflação do período, por exemplo. Por isso, ela apresenta índices maiores e demonstram o quanto à inflação corrói o desempenho do comércio.

Em Novembro, a receita nominal do comércio amazonense apresentou um crescimento de 6,4% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Assim, o acumulado em 2014 chegou a 5,7%. Já o acumulado nos últimos doze meses bateu 6,6%.

O índice e a variação do volume de vendas comércio varejista ampliado mostra dados do comércio normal acrescentadas das atividades de vendas de veículos e material de construção. Neste indicador, o comércio do Estado teve um crescimento de 4,5% em
Novembro; indicando que as vendas de carros e material de construção potencializaram as vendas dentro do mês. O acumulado do ano 2014 foi de 2,9% e nos últimos doze meses alcançou 3,3%.

Em Fevereiro o IBGE irá divulgar os dados referentes a Dezembro que fecham o ano 2014. A continuar tendência de alta, que é muito comum no mês; o comércio local deve fechar o ano de forma positiva, mas certamente muito abaixo do alcançado em 2013.

-publicidade-