Take a fresh look at your lifestyle.

1ª morte de cachorro por coronavírus é registrada no mundo

-publicidade-

Um Lulu da Pomerânia (Spitz Alemão), de 17 anos, e que pertencia a uma paciente chinesa curada do coronavírus, é o primeiro cachorro do mundo a morrer pela doença, informa o jornal South China Morning Post (SCMP).

Segundo o departamento de Agricultura, Pesca e Conservação de Hong Kong, o cachorro morreu na segunda-feira (16). A dona, uma mulher de 60 anos, contraiu o coronavírus em 25 de fevereiro, se curou e voltou para casa no dia 8 de março.

Até o momento, a Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que não há provas contundentes de que cachorros, gatos ou outros animais de estimação possam transmitir o coronavírus. No entanto, as pesquisas relacionadas a isso ainda não são conclusivas. Por Gazeta Brasil

-publicidade-