Especialista ensina como conquistar mais tempo livre para aproveitar melhor a vida

O criador do Movimento Freesider, Fagner Borges, explica que existem técnicas que podem ser aplicadas para melhorar a produtividade. “Muitas pessoas pensam em ser mais produtivas apenas para fazer mais coisas e ganhar mais dinheiro, mas esquecem que essa forma de encarar o trabalho só faz com que fiquem mais doentes”, alerta. “Eu quero que as pessoas mudem a forma de encarar o trabalho e encontrem mais felicidade e prazer na vida”, completa Fagner, que também é autor do best-seller “A Jornada da Liberdade”, um guia que ensina a desenvolver quatro competências – pessoal, interpessoal, financeira e produtiva – para se tornar um líder da própria história.

Fagner Borges é publicitário, especialista em mercado digital e líder do freesider, um movimento que visa romper com o padrão corporativo e levar as pessoas sufocadas pela rotina a conquistarem liberdade de tempo, mobilidade e dinheiro. “Além de ensinar estratégias de marketing digital, o mais importante é trabalhar as mudanças no modelo mental e na forma de encarar a vida e o trabalho”, completa. Desta forma, Fagner destaca 5 passos práticos que podem ajudar freelancers e empreendedores que trabalham de home office. “Até mesmo quem trabalha em um escritório pode conseguir aplicar algumas dessas dicas”, explica.

Passo 1: Observar a rotina e tomar notas

Fagner ensina que a primeira coisa a se fazer é se atentar a todas as tarefas feitas ao longo do dia. O especialista explica que existe um padrão nas coisas que fazemos: a maioria das atividades não geram resultado algum quando se pensa no objetivo principal, e uma pequena parte deveria receber mais atenção. “Observe isso e fique presente para as atividades diárias. Assim você sai do piloto automático e começa a eliminar aquelas tarefas que não acrescentam em nada”, completa.

Passo 2: Separar as atividades

Após analisar a rotina diária, Fagner sugere catalogar as atividades entre Importante, Delegar e Eliminar. “As atividades que só você pode fazer são as importantes. As que outros podem fazer coloque como Delegar, e aquelas que só ocupam o tempo, como acompanhar o grupo no WhatsApp, precisam ser eliminadas”, resume o especialista. “Dê foco às atividades que te levarão ao próximo nível”, completa, deixando claro a importância de saber passar algumas tarefas a outras pessoas.

Passo 3: Criar ciclos e viver entre eles

Fagner dá uma sugestão para as pessoas que trabalham de casa: criar ciclos de produtividade. “Estabeleça um período necessário para realizar um trabalho e determine aquele tempo”, ensina. Então, ao determinar que são necessárias 3 horas para completar um trabalho a ser entregue, basta remover as distrações naquele tempo e considerar que, após ele, o tempo será usado para algo que se tem prazer em realizar, como brincar com os filhos ou praticar um esporte. Para explicar sobre esse tipo de comportamento, Fagner conta sobre a Lei de Parkinson, que diz que o trabalho se expande para ocupar o tempo disponível para ele. “Essa lei diz que, quanto mais horas você tiver para realizar uma atividade, mais o trabalho ocupará esse tempo”, ressalta, exemplificando com o que é feito quando se tem uma viagem programada. “Quando você precisa terminar um trabalho antes do feriado para fazer uma viagem, repare que você quase sempre dá um jeito”, resume.

Ainda assim, como nem sempre é possível respeitar estes ciclos, Fagner comenta que uma forma de viver entre os trabalhos é aproveitando as viagens e os momentos que os compromissos de trabalho exigem. “Quando eu vou a uma cidade para um evento ou reunião, aproveito para passear por lá, ou estendo a viagem por mais dias para aproveitar a oportunidade”, exemplifica. Assim se cria um pensamento de que as obrigações podem ser combinadas com atividades prazerosas.

Passo 4: Estabelecer uma meta diária

O especialista conta que cria apenas um único grande objetivo por dia. “Penso no que eu preciso realizar, considerando aquilo que preciso para obter os resultados que importam, e estabeleço que o restante é secundário e pode ser deixado de lado caso seja preciso”, explica. “O começo do dia precisa ser usado para resolver essa única coisa, e depois você deve pensar em partir para o resto”, conta. A pergunta que deve ser respondida é: qual a única coisa que, realizada hoje, fará com que todas as outras se tornem mais fáceis ou até mesmo desnecessárias? Segundo o criador do Movimento Freesider, é preciso pensar em dar um passo por vez.

Passo 5: Estabelecer um equilíbrio

Quando se decide controlar o próprio tempo e flexibilizar a rotina, podem ocorrer dois problemas: trabalhar em excesso ou se divertir em excesso. “É preciso ter um equilíbrio”, alerta. “Você vai precisar de muito mais autodisciplina e organização, então deixe bem definidas suas tarefas e seus objetivos”. Por fim, Fagner conta que demora um tempo para se adaptar, e por isso não é uma boa ideia fazer mudanças bruscas. “Não queira se tornar o freesider perfeito do dia para a noite, e saiba que é com o tempo que você vai criar a sua rotina perfeita”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here