Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

50 pontos comerciais nas zonas norte e leste são vistoriados Central de Fiscalização nesta quarta-feira

Na manhã desta quarta-feira (24/03), agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF) estiveram nos bairros São José, na zona leste da capital, e nos bairros Cidade de Deus e Cidade Nova, na zona norte. A ação visa fiscalizar e orientar os comerciantes quanto ao cumprimento do horário de funcionamento e medidas preventivas contra a Covid-19, estabelecidos no decreto governamental. Ao todo, cerca de 50 estabelecimentos foram vistoriados.

O responsável por uma loja de artigos esportivos no bairro Cidade de Deus, Claudenor Lobo, 44, afirma que o comércio da região está cumprindo as medidas necessárias e ressalta o papel dos agentes que atuam nas fiscalizações. “O policiamento tá de parabéns. No horário de fechamento, às 17h, está por aqui orientando. Eles são uma parceria e já tem um vínculo”, contou Lobo.

A caixa Ana Freitas, 45, que trabalha em um estabelecimento comercial vistoriado pelos técnicos da CIF no conjunto Manôa, na Cidade Nova, disse que a fiscalização é muito importante. “Apoio sim. Não somente para o comércio, mas para população em geral se cuidar, usar álcool em gel e lavar as mãos. Protocolo que devemos seguir”, disse.

A fiscal da Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Luciana Fares, destacou que, no geral, o comércio tem respeitado as determinações. “Tinha gente sem máscara, mas eles foram orientados a colocar e atenderam a orientação. O restante das outras determinações nós estamos vendo que estão sendo cumpridas”, contou.

A CIF comercial ocorre em dias da semana, de manhã e à tarde. Os locais de vistoria são definidos a partir de denúncias da população ao 190 e, também, a partir de levantamentos dos órgãos integrantes.

Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), participaram da CIF comercial desta quarta-feira, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Procon-AM, Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) e a Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus).

FOTO: Alberto Pelegrine Neto/SSP-AM

-publicidade-