As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

A castração canina vale ou não a pena?

Entenda os prós e contras da castração e qual a melhor escolha para seu cachorro

Com mais de 30 milhões de animais abandonados no país, de acordo com a OMS, campanhas de castração são criadas nas principais capitais para amenizar o problema. Dessa forma, evita-se a reprodução indesejada dos animais e, consequentemente, diminui o número de abandonos.

O abandono é uma questão social que precisa ser discutida para que mudanças comecem a acontecer. Alguns tutores não se adaptam aos bichinhos e acabam os deixando em ruas ou em portas de ONGs.

Existe a lei art. 32 da Lei 9.605, de 19998, que defende a punição em caso de abandono, podendo resultar em multas e detenções por ser crime ambiental. Mas não é o suficiente para inibir as ações de tutores irresponsáveis.

A castração ainda é vista como a principal forma de evitar que mais animais estejam em situação de rua, já que um só macho pode engravidar diversas fêmeas por dia.

Apesar do número crescente de ONGs dedicadas à proteção animal, elas não dão conta dos 20 milhões de cães e 10 milhões de gatos sem um lar no Brasil. Mesmo com doações e incentivos públicos, muitas não conseguem trabalhar com uma boa capacidade de bichinhos, por conta dos altos custos.

Vantagens de castrar seu cão

Ter uma ninhada indesejada leva ao abandono, pois muitas pessoas não sabem o que fazer com os filhotes após o nascimento. Se não há ninguém interessado na adoção, o destino deles pode ser incerto. Além deste, existem outros motivos para realizar a castração canina.

Do ponto de vista veterinário, a castração segura impede que o animal demarque território e evita possíveis conflitos com outros animais. Principalmente os machos dominantes sentem a necessidade de urinar em muitos lugares e, por fazerem em pé, acabam tendo mais dificuldade para urinar no local certo da casa.

A agressividade do cão pode ser evitada ou atenuada, dependendo da raça. Muitos cachorros apresentam problemas de comportamento, podendo inclusive levar o bichinho a ter ansiedade e solidão.

Outras doenças são prevenidas, como o câncer de mama, ovários, útero, próstata, e tumores no geral, por conta do controle hormonal. Todos esses benefícios influenciam na saúde do cachorro, que passa a ser muito mais feliz.

Muitos relatam que seus cães deixaram de latir e uivar tanto, além de estarem mais tranquilos nos passeios.

A cirurgia é segura, se for realizada da forma correta, ou seja, avaliação veterinária e local adequado. é necessário anestesia para a retirada dos testículos nos machos e, para as fêmeas, ou se retira somente o ovário (ovariectomia), ou o útero e ovário (ovariohisterectomia).

Nas fêmeas, a castração promove a prevenção de gravidez psicológica e evita sofrimentos com o cio.

Quais são as desvantagens?

Exames clínicos antes da cirurgia são de extrema importância para identificar doenças existentes que possam influenciar na anestesia e na recuperação. Caso o cão tenha algum problema respiratório, a anestesia apresenta risco a vida do animal.

É válido lembrar que a castração é um procedimento irreversível, pois isso, pense bem se futuramente não terá vontade de ter filhotes.

Uma desvantagem que pode surgir é no pós-operatório. Se seu cão for muito agitado, ele poderá lamber as feridas e levar bactérias aos pontos da cirurgia, porém, já existem roupas especiais para evitar que isso aconteça e dar todo o conforto na recuperação de seu cãozinho.