Bandeiraço, carreata, união, tudo em nome do amor pelo Naça

Torcida é o 12 jogador. A força que vem da arquibancada. Eles vibram, gritam, choram, cobram e morrem de amor pelo seu clube. O Naça que o diga, na manhã do último sábado (02), às 9h, torcedores do clube se reuniram para um bandeiraço e adesivagem em frente da Arena da Amazônia. Apesar do forte calor, os torcedores persistiram e alcançaram seu objetivo de convidar e incentivar pessoas para prestigiarem a estreia do Leão da Vila, no dia seguinte, contra o Penarol. Foram 300 adesivos distribuídos em menos de 1h.

O torcedor, Wilson Machado de Lima, 59, ressalta a importância desta ação, onde visa recrutar novos torcedores, assim como trazer os torcedores que se afastaram dos estádio para prestigiarem novamente o futebol local e não apenas para o Nacional.

“A ação foi um sucesso. Nosso bandeiraço e adesivagem durou pouco tempo, pois a quantidade de adesivos foi muito aceita. É gratificante ver todo mundo pedindo, colocamos nos carros, 300 adesivos não deu uma hora. As pessoas falaram que vão para o jogo e isso é motivador, tem muitos nacionalino afastado do estádio. O objetivo é trazer novamente esses torcedores e, claro, recrutar novas pessoas para prestigiar o futebol local”, declarou.

O resultado do duelo diante do Penarol, não foi o esperado pela torcida, o Naça perdeu por 2 a 1, mas os nacionalino se sentiram orgulhosos da carreata que fizeram acompanhando o ônibus com a delegação até a Arena da Amazônia, antes do jogo. A ação fez diferença, o time entrou bem e perdeu por detalhes em campo.

Projeto “Naça, conte comigo”

Já deu para notar que a torcida do Naça, faz de tudo pelo seu clube. Existe um movimento pelos nacionalino chamado, “Naça, conte comigo.” O projeto foi criado no final de 2018, onde torcedores viram que o Leão da Vila Municipal poderia ficar sem jogar o Barezão 2019.

O torcedor, Ricardo Nascimento, 41, um dos idealizadores do movimento, explica como surgiu o projeto e qual sua finalidade.

“A ideia do projeto surgiu em 8 de novembro de 2018, quando percebemos que o Naça poderia ficar sem jogar o Campeonato Amazonense 2019. Fizemos um grupo de torcedores para ajudar ao menos na alimentação do plantel e hoje vai muito além disso. Graças a Deus deu muito certo. Já temos 38 contribuintes e cada membro em dias com sua contribuição, tem direito a uma camisa, adesivo e um ingresso quando for mando do campo do Nacional”, destacou.

O projeto já foi lançado e sem dúvida nenhuma será útil para manutenção do elenco nesta temporada. O que seria de um time sem sua torcida?

Texto: Sergilane Azevedo

Foto: Douglas Henrique

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here