Take a fresh look at your lifestyle.

Ação das temporadas ‘Literária’ e ‘Delas’ valoriza artistas locais e leva diversas atrações para Iranduba

-publicidade-

Programação teve participação de escritora e artistas do município

Biblioteca volante, palestra de escritora, exposição e atrações musicais fizeram parte da ação das temporadas “Literária” e “Delas” realizada no município de Iranduba pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), nesta quarta-feira (28/2). A programação foi toda composta por artistas do município.

O evento iniciou às 16h15 com uma aula de zumba e já com a Kombi da Biblioteca Volante e uma exposição disponíveis para quem chegasse na Praça dos Três Poderes, no centro do município. A Biblioteca Volante, que faz parte do projeto Mania de Ler, conta com mais de 600 obras infantojuvenis que despertaram a curiosidade das crianças no local.

“Ele ficou muito curioso com os gibis e os amigos dele ainda entraram na Kombi para procurar por mais livros e ficaram lendo. Eles até abandonaram as bicicletas por um tempo”, disse a dona de casa Ivanir Souza, 33, que acompanhava o filho Gabriel Souza, de 7 anos.

Saúde – A aula de zumba também animou quem passou pela Praça. Os professores William Ramos e Kelly Cristina realizaram uma sessão de 30 minutos para quem desejava se exercitar. A atração foi realizada em parceria com a Prefeitura de Iranduba, por meio do programa “Saúde em Ritmo”.

“Temos essas aulas no município durante três dias da semana e o projeto já dura um ano. O público principal são as mulheres de Iranduba, que estão com sobrepeso ou numa idade mais avançada e precisam se exercitar. Após um tempo no projeto, elas começam a se sentir melhores, mais atléticas e bonitas e a zumba ajuda porque tem um método fácil de ensino”, explicou o professor William Ramos.

Exposição – Marivaldo Medeiros, 19, foi o artista plástico local escolhido para realizar uma exposição durante o evento. Após sofrer um acidente vascular cerebral aos 3 anos e ser diagnosticado com poliarterite nodosa, que afeta os tecidos musculares, o jovem desenvolveu dificuldades motoras e de aprendizagem, porém, a pintura surgiu como algo natural. As telas representavam principalmente as paisagens que o jovem mais gostava de visitar.

“Para ele, pintar é como renascer. Ele está sempre me mostrando o que quer fazer na pintura e se tornou mais confiante com o tempo. Essa oportunidade de expor o trabalho dele é maravilhosa até mesmo para que o município conheça os talentos da terra”, disse a mãe de Marivaldo, Sônia Monteiro.

Marivaldo destacou a emoção de expor pela primeira vez. “Comecei a pintar recentemente, então estou muito feliz de poder expor pela primeira vez num evento como esse”, disse.

Escritora local – A irandubense Maria Luiza Brasil de Medeiros, 19, apresentou seu livro lançado em 2017, “Pensamentos de mim, você e todos nós”, no evento. De acordo com ela, a vontade de escrever surgiu como uma forma de combater a depressão, em 2013. O livro tomou forma em 2015 e mostra por meio das palavras de Maria os sentimentos das pessoas mais próximas dela.

“Fiquei muito feliz com o convite para o evento, pois nunca tive tamanha repercussão antes. Quero muito levar o reconhecimento literário para Iranduba e meu objetivo é poder participar da Academia Amazonense de Letras”, destacou Maria Luiza.

O evento ainda contou com atrações musicais de artistas irandubenses que animaram o público no local.

Talentos do município – O secretário de Cultura, Denilson Novo, compareceu ao evento e destacou a importância de se levar mais atividades culturais aos municípios do estado. “Estas atividades potencializam novas descobertas e criam novas pontes para crianças e adolescentes se desenvolverem por meio da cultura. As ações da SEC no interior estão dentro do plano de gestão do governador Amazonino Mendes de reintegrar o Amazonas com o amor à causa pública”, declarou Denilson.

A secretária de Cultura de Iranduda, Raquel de Queiroz, elogiou a ação, que, segundo ela, joga um holofote sobre os talentos do município. “É uma honra ver Iranduba ser contemplada com um evento desses. Temos muitos talentos na literatura, pintura, grupos de dança, então dar relevância a estes talentos é algo maravilhoso”, afirmou.

Temporadas – Dentro da temporada Literária haverá lançamento de livros, rodas de conversa com escritores, oficinas de fanzines, vivências, feira de troca de livros e mediação de leitura em espaços como galerias e shoppings populares.

Um dos destaques da programação é a “Merenda Cultural”, ação que fará intervenções curtas, no intervalo do lanche em dez escolas da capital e da comunidade de Janauari.

Todo esse circuito vai culminar na Mostra Literária, marcada para o dia 18 de março, no Centro Cultural Usina Chaminé.

Já a temporada ‘Delas’, além das ações casadas com a literária, terá programação em Manaus e no Cacau Pirêra, com debates sobre o protagonismo feminino, valorização da mulher negra, situação da mulher indígena e da mulher trans na sociedade; oficina de empoderamento; dia de beleza para moradoras de rua; marcha das mulheres; e apoio social e jurídico para mulheres em situação de risco.

FOTO: Michael Dantas/ SEC

-publicidade-