Take a fresh look at your lifestyle.

Ação integrada resulta na prisão em flagrante de mulher por roubo a drogaria no bairro Redenção

-publicidade-

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 17º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado titular da unidade policial, Miguel Ribeiro, e apoio de servidores lotados na 6ª Seccional Centro-Oeste e 10º DIP, prendeu na manhã desta segunda-feira, dia 17, Maria Elicleude Marques de Alcântara, 29, por envolvimento em roubo a uma drogaria ocorrido na última sexta-feira, dia 14, na Rua Campo Grande, bairro Redenção, zona Centro-Oeste da cidade.

De acordo com a autoridade policial, Maria foi presa por volta das 10h de hoje, na casa onde morava, localizada no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste, após a equipe do 17º DIP receber denúncia, logo após o delito, informando a participação da infratora no roubo, que aconteceu por volta das 18h.

Segundo Miguel Ribeiro, após perseguição policial, as equipes do 17º e 10º DIPs, com o apoio de policiais civis lotados na 6ª Seccional Centro-Oeste, realizaram campana em frente à residência da infratora durante todo o final de semana, esperando o momento em que ela sairia do imóvel e lograram êxito com a prisão da mulher na manhã de hoje, dia 17, por volta das 10h.

“No dia do crime Maria e um comparsa, ainda não identificado, invadiram a drogaria e anunciaram o roubo. Por meio das imagens do circuito interno de segurança do estabelecimento comercial foi possível constatar que Maria estava em posse de um arma de fogo e ameaçou os funcionários de morte. A dupla levou um aparelho celular, R$ 400 em espécie e cartões de recargas para celulares pré-pago. Agora estamos trabalhando para identificar e prender o comparsa dela”, explicou Miguel Ribeiro.

Maria foi autuada em flagrante por roubo majorado pelo emprego de arma de fogo e concurso de pessoas. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da unidade policial, ela será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

-publicidade-