“Aproximar a polícia da comunidade é trazer um olhar mais humano para a instituição, inserindo um serviço de qualidade tanto na segurança, quanto na busca em desenvolver uma relação de valor e respeito ao corpo social”. Fazendo uso dessas palavras, visivelmente emocionado, o delegado Torquato Mozer, titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), deu início, na tarde desta sexta-feira (30/11), às 14h, no prédio da unidade policial, na zona leste da cidade, à ação social realizada em parceria com os servidores da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), beneficiando crianças que moram e estudam nas adjacências da delegacia.

A partir de parceria firmada com unidade das Óticas Diniz, Mozer e o capitão Guilherme Sette, comandante da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), conseguiram localizar nas escolas dos bairros Jorge Teixeira e Cidade de Deus, na zona leste da capital, crianças que necessitavam de atendimento oftalmológico. Segundo Mozer, somente as crianças que estivessem devidamente matriculadas e frequentando a escola é que poderiam obter o benefício. A iniciativa contemplou 10 crianças, com idades entre sete e onze anos, e trouxe alegria para a comunidade.

“Para nós é uma grande alegria vê-los aqui, satisfeitos, com o recebimento dos óculos. Estávamos planejando realizar essa ação social com a comunidade e o grupo Diniz nos presenteou com as armações e lentes. Selecionamos vinte crianças que estavam estudando e que, de fato, necessitavam desses óculos. No último domingo (25/11) elas foram submetidas aos exames e escolheram as lentes e as armações. Hoje estamos entregando esses óculos”, explicou Mozer.

Parceria – Representante das Óticas Diniz, Karolayne Araújo enfatizou que a parceria é resultado de um trabalho pioneiro desenvolvido pela rede de varejo óptico, que desde 2016 tem contribuído para mudar a realidade da visão infantil no país, a partir do projeto Diniz Social. “Este ano firmamos essa parceria com o 30º DIP e a 30ª Cicom, por meio do Diniz Social, com o objetivo de beneficiar crianças que moram aqui na comunidade, ajudando as pessoas que não têm condições”, argumentou Araújo.

Satisfeitos com a ação social, os pais dos estudantes beneficiados acompanharam todos os procedimentos, desde os exames até o recebimento dos óculos. Entre eles, Ezequiel Costa da Silva, 40, e a filha Karine Silva, de 8 anos, uma das crianças beneficiadas pela ação.

“A polícia ajuda muito a comunidade. A gente se sente notado. Eu sou pai de três filhos que usam óculos e, lá em casa, é um investimento de quase R$ 5 mil por ano só com serviços oftalmológicos. Conseguir isso agora, por meio dessa ação das Polícias Civil e Militar, sem ter custo algum, é algo realmente muito bom. É uma maravilhosa iniciativa que aproxima a polícia da comunidade e deve ser reconhecida, porque ver uma coisa dessas é muito difícil hoje em dia”, declarou Ezequiel.

Durante a ação, o capitão Guilherme Sette parabenizou o delegado Torquato Mozer e destacou que as respostas policiais têm sido muito mais incisivas a partir da parceria entre as Policias Civil e Militar. Sette mencionou que o trabalho policial também requer um olhar para as múltiplas demandas da sociedade e as vulnerabilidades sociais que a população tem.

“Como pessoas, não podíamos tapar os olhos pra isso. Dez crianças foram beneficiadas com esses óculos e isso nos proporciona uma alegria imensa. É gratificante essa oportunidade, ser profissional de Segurança Pública e poder ajudar a comunidade”, disse Sette, após ouvir Karine declarar que a partir de agora poderá enxergar o que está escrito na lousa.

Perspectivas – Torquato Mozer também destacou que pretende dar seguimento a ações sociais como essa no ano de 2019. “É necessário cuidar da comunidade e iremos nos empenhar nisso. Essa parceria entre as Polícias Civil e Militar e a comunidade tem que ser valorizada, para que a população continue confiando nas instituições”, finalizou o titular do 30º DIP.

FOTO: Erlon Rodrigues / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here