Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Ações de fortalecimento resultam em avanço na vacinação de municípios com dificuldades na cobertura

Visitas técnicas realizadas por equipes da FVS-AM e SES-AM orientam sobre estratégias de vigilância e imunização

Com ações de fortalecimento do Governo do Estado em municípios com dificuldades na cobertura vacinal dos grupos prioritários, os resultados obtidos mostraram avanços em um mês, desde o início das visitas técnicas, levando em conta a aplicação da 1ª dose da vacina contra a Covid-19. O Estado já distribuiu 1.882.803 doses de vacina, o que representa 93% de todas as remessas recebidas, incluindo a distribuição da 19ª remessa, com 292.900 doses.

Segundo informações da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), em abril, o número de municípios com cobertura vacinal abaixo de 50% era 26. Em pouco mais de um mês, técnicos da FVS e da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) percorreram 16 cidades. Após as visitas in loco para auxiliar com as demandas, montar estratégias de vigilância e operacionalização do plano municipal de vacinação, constatou-se avanço em 11 cidades.

Conforme a fundação, os resultados mais significativos ocorreram nas cidades de Ipixuna, Nhamundá, Iranduba e Careiro da Várzea. Nestes dois últimos, foi observada a melhora no desempenho na cobertura: em abril, Iranduba estava com 36,1% na cobertura; e o índice subiu para 61,4% em maio. No município do Careiro da Várzea, os indicadores saíram de 46,4% para 53,6%.

“Em alguns municípios já observamos uma melhora nas coberturas vacinais e vamos começar uma nova avaliação em relação à cobertura vacinal do estado, também para melhorar a assistência prestada à população. Aqueles municípios que observamos fragilidades ou que ocorreu uma melhora, porém não substancial, há a necessidade de retornar para fortalecer e implementar as ações contra a doença”, destacou a enfermeira do Departamento de Vigilância Epidemiológica da FVS, Ângela Desirée.

Distribuição – A distribuição do maior lote de vacinas entregue ao Amazonas, desde o início da campanha de imunização, em janeiro, iniciou na segunda-feira (17/05). Foram entregues na última sexta-feira 262.500 vacinas AstraZeneca e outras 30.400 do tipo CoronaVac, totalizando 292.900 doses.

Segundo nota informativa enviada pela FVS para os municípios, as vacinas do tipo AstraZeneca atenderão comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas, Pessoas com Deficiência, trabalhadores de educação do ensino básico e pessoas com comorbidades. Os imunizantes do tipo CoronaVac serão aplicados em gestantes, puérperas com comorbidades e trabalhadores da saúde.

Ainda conforme a FVS-AM, em três dias de distribuição, 45 municípios já realizaram a retirada das doses relativas à 21ª remessa, e até esta quarta-feira (19/05), restavam 17 cidades pendentes para retirada das vacinas.

Sobre as 56.060 doses do tipo CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer, entregues ao Amazonas pelo Ministério da Saúde na terça-feira (18/05), a FVS está em fase de avaliação para formação de nota informativa, e, posteriormente, a distribuição das doses.

De acordo com a enfermeira do Programa Estadual de Imunização da FVS, Josy Dias, o grande volume de doses de vacinas entregues nos últimos dias permitirá o aumento da aplicação nos grupos prioritários, previstos pelo Plano Nacional de Imunização (PNI).

“Essa é a nossa expectativa, que haja um grande avanço no número de doses aplicadas, tanto na primeira dose quanto na segunda dose, fechando o esquema vacinal. Estamos trabalhando com todos os municípios para conseguir trabalhar da melhor maneira e o mais rápido possível”, reforçou.

FOTO: Arthur Castro/Secom

-publicidade-