Take a fresh look at your lifestyle.

Adaf realiza barreira móvel agropecuária em Boca do Acre

-publicidade-

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), órgão integrante do Sistema Sepror, realiza barreira móvel para fiscalizar irregularidades no trânsito de animal e vegetais em Boca do Acre, distante a 1028 quilômetros de Manaus.

Os agentes agropecuários atuam em dias, horários e locais diferentes nas vias de trânsito de Boca do Acre e região sul do Município de Lábrea, distante 702 quilômetros da capital. Ao todo, cinco agentes da Adaf participam da ação.

De acordo com o diretor-presidente da Adaf, Sergio Muniz, está barreira móvel agropecuária funciona como uma medida preventiva para averiguar o controle de trânsito de animais, produtos e subprodutos de origem animal, vegetais e suas partes, visando controlar doenças e pragas, rastreabilidade e roubo de animais.

“Nossos barreiristas verificam os veículos que trafegam nessas vias, se eles estão realmente respeitando as legislações de trânsito de animais e vegetal e orientamos pecuaristas, produtores rurais e transportadores sobre a emissão da guia de trânsito animal e vegetal”, comentou.

Sergio Muniz explica que a Guia de Trânsito Animal (GTA) e a Permissão de Trânsito Vegetal (PTV) são documentos obrigatórios que devem ser apresentados pelos condutores que trafegam com produtos oriundos de outras regiões, em consonância com as legislações específicas do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa).

-publicidade-