Advogado é preso acusado de tentar subornar policiais

Nesta segunda-feira (18), um advogado de 33 anos foi preso em flagrante ao tentar subornar policiais militares, no bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus. De acordo com a polícia, ele ofereceu cerca de R$ 2,5 mil aos agentes para tentar liberar dois homens, de 24 anos, presos com arma e drogas. Segundo a 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), os acusados foram presos após denúncia na invasão Estrela de Davi. Na abordagem, quatro homens estavam em um veículo com drogas e uma pistola roubada de um militar no dia 21 de junho, no bairro União da Vitória, Zona Oeste da capital.

Os suspeitos foram levados ao 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos legais. Nesse momento, enquanto a ocorrência era registrada, o advogado se apresentou e pediu para conversar em particular com os policiais. Ele perguntou a um PM se tinha como resolver a situação do cliente dele que era um dos envolvidos. O policial relata que outros agentes filmaram o momento em que o advogado tenta entregar cerca de R$ 2,5 mil ao militar. Toda cena foi filmada e um inquérito deve ser aberto sobre o caso.