A Polícia Civil do Amazonas prendeu em flagrante, na noite desta terça-feira (12/02), por volta das 21h, um agricultor de 41 anos, denunciado pela companheira, uma mulher de 37 anos, por lesão corporal.

A ação foi realizada por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru, sob o comando da delegada Roberta Merly, titular da unidade policial, em ação conjunta com policiais que atuam na Delegacia Interativa de Polícia (DIP) daquele município, 68 quilômetros em linha reta da capital.

De acordo com a autoridade policial, as diligências em torno do caso tiveram início após a mulher procurar a DEP para formalizar a ocorrência. Na ocasião, a vítima relatou que o filho do casal, de 15 anos, havia sido espancado pelo pai, mas que havia conseguido fugir da casa onde eles moram.

“Irritado com a fuga do filho, o agricultor passou a agredir fisicamente a esposa, dando, inclusive, um murro no olho da mulher. Por conta das agressões, ela nos procurou e, logo em seguida, saímos em busca do infrator, localizado na casa da família, situada no quilômetro 17 da estrada de Novo Airão, município distante 115 quilômetros em linha reta de Manaus”, explicou Merly.

Arma e munições – A delegada ressaltou, ainda, que no momento em que foi preso os policiais civis apreenderam com o infrator uma espingarda calibre 16 e duas munições do mesmo calibre. Conduzido à DEP, o agricultor foi autuado em flagrante em por lesão corporal no âmbito da violência doméstica e posse ilegal de arma e munição de uso permitido.

Ao término dos trâmites legais, o homem ficará à disposição da Justiça custodiado na carceragem da delegacia, que funciona como unidade prisional em Manacapuru.

FOTOS DIVULGAÇÃO/PC-AM