O Governo brasileiro lançou uma nova campanha publicitária contra a Aids, que neste ano comemora os 30 anos do Dia Mundial de Luta contra a Aids, em primeiro de dezembro. A data foi instituída em 27 de outubro de 1988, pela Assembleia Geral da ONU e a Organização Mundial de Saúde, cinco anos após a descoberta do vírus causador da doença, o HIV. O estilista mineiro Ronaldo Fraga trabalhou por 6 anos em Nova Iorque e Londres e desde 1995 lançou marca própria no Brasil. Fraga lembra com tristeza o início da descoberta da doença.

“Eu sou de uma geração em que não só amigos próximos, mas em que o Brasil, houve um rombo na cultura brasileira de pessoas que se foram sobretudo até os (anos) 1985, 1995. Agora no caso da moda ainda foi pior, no Rio de Janeiro foi uma devassa. E eu digo que esse potencial criativo o Rio de Janeiro nunca conseguiu reconstruir de nomes que foram vitimados pela Aids.”

Como parte das ações que marcam o dia 1º de dezembro, o Ministério da Saúde resgata a tradição das colchas de retalhos, os chamados quilts, que eram usados para homenagear e lembrar as vítimas da aids no início da epidemia. A pasta estendeu um imenso mosaico, formado por essas colchas, no gramado em frente ao Congresso Nacional, em Brasília. O material foi produzido por milhares de pessoas em várias partes do país que utilizaram uma plataforma digital para produzir a sua mensagem de apoio à causa. Para a diretora do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle de Infecções Sexualmente Transmissíveis do HIV/Aids e das Hepatites Virais, Adele Benzaken, as conquistas se devem a uma série de fatores e parcerias.

“E isso é graças à testagem rápida, e isso é graças à parceria que o departamento tem junto com a sociedade civil, por meio dos projetos Viva Melhor Sabendo, junto à Unesco e ao Unicef, que tem também o Viva Sabendo Jovem. Então nós estamos há seis dígitos de atingirmos a meta de pessoas diagnosticas. E nós esperamos, sim, atingir 90% nos próximos dois anos.”

Para ajudar a atingir a meta o quanto antes, faça o teste rápido em qualquer unidade de saúde do seu estado. Use camisinha, conheça as outras formas de prevenção combinada, no SUS, e proteja-se. Trinta anos do Dia Mundial de Luta Contra a AIDS. Uma bandeira de histórias e conquistas. Saiba mais em aids.gov.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here