Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Alexandre vistoria construção de mais duas escolas de alvenaria na zona rural de Parintins

Trabalho chega a 70% em algumas unidades escolares visitadas neste final de semana
O prefeito Alexandre da Carbrás vistoriou neste sábado, o andamento das obras de construção de escolas em alvenaria e no padrão recomendado pelo Ministério da Educação na zona rural de Parintins. Mesmo com o tempo chuvoso e acompanhado da secretária de educação Eliane Melo, da subsecretária Irlane Ramos e do engenheiro responsável pelo serviço, Thiago Martins, verificou que o trabalho está com mais de 70% concluído. O grupo comandado pelo prefeito Alexandre da Carbrás, visitou as comunidades São Benedito do rio Tracajá e Nossa Senhora de Fátima do rio Uaicurapá, as quais foram beneficiadas com a implantação de unidades escolares modelo.

Além das unidades escolares construída em parceria com o Governo Federal, a administração municipal vai executar com recursos próprios a edificação das casas dos professores em anexo das escolas rurais e poços artesianos para atender os alunos, professores, e as comunidades. “Estou muito satisfeito com o resultado das obras. A primeira empresa não conseguiu dar andamento nas escolas e a nova empresa com duas semanas de trabalho deu um avanço grande. As paredes estão levantadas com reforço de colunas e estrutura de concreto”, avaliou o prefeito.

De acordo com o prefeito Alexandre da Carbrás, o trabalho da primeira empresa não estava dentro dos padrões recomendados pela Fundo Nacional de Desenvolvimento Escolar (FNDE) e no projeto da Prefeitura Municipal. Para que uma nova empresa fosse contratada foi preciso realizar uma nova licitação. “Estamos fazendo os reparos necessários. Aquilo que deve ser refeito vamos refazer, aquilo que se pode dar continuidade vamos dar continuidade. Estou muito satisfeito com o trabalho. Essa é a quarta escola que estamos visitando, e em poucos meses estaremos entregando as primeiras unidades para os alunos”, assegurou Carbrás.

Alexandre ressaltou que esses investimentos na educação só foram possíveis com a aprovação de projetos e assinatura de convênios com o Governo Federal e a Prefeitura de Parintins. Ele frisou que o município entra com parte do financiamento das escolas como complemento. “Vamos construir a casa do professor em alvenaria com recursos próprios da administração municipal, além de executarmos o projeto para a construção dos poços artesianos e com isso a gente percebe contentamento das pessoas ao saberem que o sonho de escolas em alvenaria no interior é, agora, uma realidade. Isso foi até uma promessa de campanha e estamos cumprindo”, pontuou o prefeito, enfatizando que uma das determinações de sua administração foi para que essas obras gerassem oportunidade de trabalho para a comunidade com a contratação de pedreiros, carpinteiros e auxiliares.

Para a secretária Eliane Melo, um grande avanço chaga para a área de educação na zona rural, uma vez que são escolas padronizadas de uma e duas salas, cozinha equipada, quadros, carteiras e toda estrutura, tanto para a escola quanto para a casa do professor. “Até início de junho as atividades escolares no novo prédio das escolas devem estar funcionando”, comemorou Elaine Melo.

O engenheiro Thiago Martins garantiu que os trabalhos devem ser finalizados até mesmo antes dos 90 dias estabelecidos no contrato das obras, tendo como base que em três semanas o serviço chegou a 70% na parte de alvenaria. “Até o momento refizemos muita coisa na parte estrutural de alvenaria, colunas, caixaria, aterro, além de consertos de não conformidades nos baldames. Os sumidouros e fossas que não foram feitos, concluímos em 100% e vamos dar início na concretagem”, relatou Thiago Martins.

Um dos moradores da comunidade Nossa Senhora de Fátima, seu Raimundo Silva Souza, diz que enfim chegou um prefeito para cumprir o que promete e para levar os beneficios que tanto foram solicitados pelos moradores de Nossa Senhora de Fátima. “Vinha prefeito, passava vereador e era só promessa. Na campanha diziam que se ganhassem iriam construir uma escola e depois que ganhavam esqueciam a gente. Agora a escola está saindo, pois a escola da comunidade é de madeira. Estou botando fé no prefeito Alexandre porque ele prometeu e está cumprindo”, comentou o comunitário.

Uma das líderes comunitárias do São Benedito do Tracajá, Francimara Rafael da Silva, falou que todos os comunitários estão muito felizes por saberem que agora o prédio da escola será concluído. “Estávamos desacreditados, porque a obra estava parada. Mas graças a Deus estamos vendo e comprovando que a obra está em mais da metade e isso é uma realidade. Os outros prefeitos que passaram nunca fizeram nada por nossa comunidade e o prefeito Alexandre está fazendo e veio por baixo de chuva. Ele está aqui conosco”, disse a coordenadora comunitária.

Outro morador do São Benedito a comemorar os benefícios foi seu Roberto Farias. Ele disse que os trabalhadores da comunidade foram valorizados e o pagamento deixado em atraso pela antiga empresa foi quitado pela nova construtora. “Percebemos que há vontade de trabalhar e o prefeito veio com toda sua equipe, mesmo em baixo de chuva, para conhecer nossa realidade”, externou o comunitário Roberto Farias.

-publicidade-