As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Aluno de Manaus leva prata na 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Participaram da avaliação este ano aproximadamente 800 mil estudantes de 18 mil instituições de ensino do País

Há três anos consecutivos, os alunos das escolas da Prefeitura de Manaus são destaque na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). E em 2019 não foi diferente. Após garantir as notas 9,8 e 9,5 na 22ª edição da prova, Henrique Araújo dos Santos, estudante do 5º ano da escola municipal São Pedro, localizada na zona Oeste, conquistou a medalha de prata no nível 2, para alunos do 4º e 5º anos do ensino fundamental.

“Fico muito orgulhoso em ver o nível dos nossos alunos que se destacam em olimpíadas. Isso demonstra o quanto os investimentos em educação estão dando resultados, tanto no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica, o Ideb, onde ficamos em nono lugar, quanto nas competições educacionais que nossos estudantes participam e saem vitoriosos. Parabéns, Henrique, que seu futuro seja brilhante, que você consiga seguir no caminho da robótica e realize todos os seus sonhos”, parabenizou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, em suas redes sociais.

Participaram da avaliação este ano aproximadamente 800 mil estudantes de 18 mil instituições de ensino do País. O resultado alcançado pelo aluno de Manaus foi importante porque a maioria dos estudantes que fazem parte da competição ficam com notas entre 7 e 8, e o máximo da disputa é 10.

Para conseguir o resultado, Henrique, além de estudar bastante os assuntos da prova, também contou com o apoio do coordenador do Telecentro da unidade de ensino, Daniel Pereira. “Orientamos os professores para tentar focar em alguns conteúdos para que os alunos possam ter um bom desempenho. No caso do Henrique, como é o conteúdo do 5º ano, ele recebeu orientação da professora, que já tinha trabalhado alguns assuntos em sala de aula”, disse Pereira.

Mas além do conteúdo ensinado em sala de aula, Henrique também buscou informações relativas a prova em outros lugares. “Para as provas eu estudei em alguns livros e anotei tudo o que era importante nos cadernos”, disse Henrique.

O resultado não foi uma surpresa, porque ele também é um dos classificados para a fase nacional da 21ª edição das Olimpíadas Brasileiras de Informática (OBI). “O meu sonho foi trabalhar com robótica e eu sempre gostei de fazer essas provas e por isso que eu estudo para conseguir bons resultados. Eu fiquei feliz porque eu me esforcei”, completou o aluno.

Professora de Henrique desde o 4º ano, Celeste Neves, relatou que ele é o melhor aluno da turma e que sempre conseguiu os melhores resultados. “Ele é estudioso, dedicado e comportado. Quando a gente passa lição, ele faz. Quando tem dúvida, pergunta. Tanto que ele é o melhor aluno da ADE. Ele se destaca bastante e as notas dele são as melhores”, disse orgulhosa.

Projeto Escolar

Em 2019, os alunos da escola foram inscritos em diversas provas de conhecimento, como a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), OBI, OBA, Olimpíada Brasileira de Robótica, e sempre alcançaram bons resultados. Para o gestor da escola São Pedro, Ednelson Feitosa, a participação maciça serve para estimular os alunos a buscarem sempre mais conhecimento.

“Os projetos que a escola está participando se tornam importantes para que os alunos desenvolvam sua potencialidade. Os resultados que estamos alcançando já são satisfatórios e esperamos dar continuidade com outras turmas”, pontuou.

Texto – Alexandre Abreu / Semed
Foto – Cleomir Santos / Semed

você pode gostar também