Take a fresh look at your lifestyle.

Amazonas anuncia plano para início da vacinação contra Covid-19

-publicidade-

Em reunião na noite desta sexta-feira (15/01), órgãos estaduais, municipais e federais foram apresentados ao Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19. A apresentação foi feita pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Na próxima segunda-feira (18/01), uma reunião dos estados com o Ministério da Saúde definirá a quantidade do imunizante para cada Unidade da Federação e os grupos prioritários. A vacinação está prevista para ocorrer em quatro fases, conforme os grupos prioritários a serem apresentados.

De acordo com a FVS, o Amazonas tem agulhas e seringas suficientes para a primeira etapa da campanha na qual devem ser vacinadas 1.154.504 pessoas de grupos prioritários em todo o estado. Para o momento, considerando duas doses e um percentual de perdas no processo, serão necessárias 2,4 milhões de doses para esse público. A meta é vacinar 95% do público-alvo, o que corresponde a 1.096.778 pessoas.

Kits e estrutura – Nos 62 municípios amazonenses, serão 794 salas de vacinação, das quais 495 já estão ativas na rotina de serviços de saúde.

O estoque atual de seringas com agulhas é de 1.097.990 – 443 mil do Estado e 654.990 dos municípios. Além disso, já foram licitados outros 1,5 milhão de kits com entrega programada para os meses de janeiro, fevereiro e março. As primeiras 409 mil unidades devem chegar no próximo dia 26.

Megalogística – Com dimensões continentais, o Governo do Estado já traçou a logística de distribuição das doses. Serão utilizados os modais aéreo, fluvial e terrestre. Dadas as características geográficas, 20 municípios serão abastecidos apenas por aeronaves.

Depois que o imunizante chegar ao estado, a programação é que em três dias alcance todos os municípios com deslocamento aéreo e terrestre, e em cinco dias aos locais com deslocamento apenas fluvial – neste caso, menos de 5% do total das localidades.

Segurança – A Polícia Federal fará a escolta da vacina entre o aeroporto e o local onde será distribuída para todos os municípios. As Polícias Civil e Militar farão a segurança do imunizante, bem como dos locais de vacinação.

O plano tático deverá ser consolidado na segunda-feira, após a reunião dos estados com o Ministério da Saúde.

Nesta sexta-feira, participaram da reunião representantes da SSP-AM, Polícia Militar, Exército Brasileiro, FVS, Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Secretaria Estadual de Saúde (SES), entre outros.

Imagen: Divulgação

-publicidade-