Take a fresh look at your lifestyle.

Amazonas distribuiu mais de 84 mil refeições em janeiro

-publicidade-

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), segue trabalhando para garantir alimentação digna a pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica no estado, mesmo durante a pandemia. Somente no mês de janeiro, foram distribuídas 84.700 refeições para a população de baixa renda na capital, por meio de cozinhas e restaurantes populares espalhados por diferentes zonas de Manaus.

Os serviços de alimentação coletiva ocorrem em quatro restaurantes localizados nos bairros Centro (zona sul), Compensa (zona oeste), Novo Israel (zona norte) e Jorge Teixeira (zona leste). Nessas unidades, ao todo, foram ofertadas 31.900 refeições. O cardápio inclui arroz, feijão, macarrão, salada e uma proteína variada (frango, carne, fígado, peixe e outros), ao valor simbólico de R$1.

Já as três cozinhas populares, localizadas no Rio Piorini (zona norte), Parque São Pedro (zona oeste) e Alfredo Nascimento (zona norte), complementam a oferta de alimentação segura e saudável oferecendo sopas, servidas gratuitamente com o patrocínio do Governo do Estado. Em janeiro, nas três unidades, foram servidos 52.800 litros de sopa de sabores variados.

Funcionamento – Os restaurantes e cozinhas populares são coordenados pelo Governo do Estado, por meio da Seas. As cozinhas funcionam de segunda a sábado, das 11h às 13h, com a entrega das sopas. Nos restaurantes, as senhas para ter acesso às refeições começam a ser vendidas às 8h. Às 11h começa o horário do almoço, que se estende até às 13h, sempre de segunda a sexta-feira. Ambos estão funcionando apenas para a retirada do alimento em embalagens térmicas.

Protocolos – O Governo do Amazonas tem atuado para garantir que a população possa fazer a retirada da refeição em segurança, protegendo também os envolvidos no projeto, com uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e cumprindo os protocolos estabelecidos pelas autoridades da área de saúde.

Balanço 2020 – Um dos grandes desafios do Governo do Amazonas, em 2020, foi executar a política de segurança alimentar e nutricional voltada à população em situação de vulnerabilidade social, por conta da disseminação do novo coronavírus. Mesmo assim, os restaurantes e cozinhas populares serviram 423.656 refeições e 741.941 litros de sopa, respectivamente, ao longo de todo o ano.

FOTO: Emerson Martinz / Secom

-publicidade-