O secretário estadual de Saúde, Orestes Guimarães de Melo Filho, estará em Porto Velho (RO), no próximo dia 26, para assinar um acordo que visa à cooperação mútua entre Amazonas e Rondônia, na área de assistência à saúde. A parceria vai beneficiar a população dos municípios amazonenses de Humaitá, Manicoré, Lábrea e Apuí, na fronteira com Rondônia e que, por conta da distância em relação a Manaus, precisa buscar atendimento de média e alta complexidade em Porto Velho. Em contrapartida, o Amazonas oferecerá aos rondonienses serviços que não são ofertados na rede de saúde daquele estado.

De acordo com a secretária Executiva Adjunta de Atenção Especializada do Interior, da Susam, Edylene Pereira, o acordo segue os mesmos moldes do que foi assinado em abril deste ano, com o Governo do Acre. Assim como o anterior, afirma ela, esta parceria consolida um processo de prestação de serviço que já vem ocorrendo na prática. “O que estamos fazendo é ordenando essa demanda e garantindo acesso de forma mais imediata aos serviços de saúde, especialmente, da população desses quatro municípios amazonenses, uma vez que Porto Velho fica mais próximo para eles do que Manaus”, explicou.

Edylene informa que o acordo prevê a oferta de serviços de saúde, conforme as necessidades dos municípios. No caso de Humaitá, Manicoré, Lábrea e Apuí, as demandas serão por serviços de atenção especializada e hospitalar, com o sistema de saúde de Porto Velho funcionando como retaguarda de apoio e diagnóstico aos pacientes desses municípios.

A secretária do Interior ressalta, ainda, que a formalização do acordo irá permitir, também, que os atendimentos sejam regulados pela rede dos dois estados, o que não acontecia antes. “O acordo ajuda a organizar esse atendimento melhor, bem como a oferecer serviços de qualidade. O Sistema Único de Saúde (SUS) não tem fronteiras, mas temos que ordenar a demanda em cada região, para garantir a qualidade da oferta”, frisou.

Edylene Pereira destaca que a atual gestão do Governo do Amazonas, que assumiu em outubro do ano passado, está reconstruindo a rede de saúde, inclusive no interior. Dentro desse contexto, disse ela, o apoio de estados vizinhos no atendimento a pacientes de municípios mais distantes de Manaus é muito importante para ampliar e garantir o acesso da população aos serviços de saúde. Ela adianta que a Susam tem intenção de fazer acordo de cooperação também com Roraima e Pará. “Recebemos pacientes desses dois estados, mas não enviamos tanto para eles, quanto para o Acre e Rondônia. Porém, queremos firmar essa parceria mesmo assim, como forma de fortalecer as redes de atenção em saúde, na região”.

Como funciona – A parceria prevê a compensação mútua dos serviços ofertados de média e alta complexidade, entre a Susam e a Secretaria de Saúde de Rondônia (Sesau). Pelo acordo, ficarão definidas metas por meio de uma tabela que define a quantidade de serviços que cada rede vai disponibilizar. O plano que definirá essas metas está sendo elaborado, assim como está sendo formada a comissão que vai acompanhar a execução das ações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here