Take a fresh look at your lifestyle.

Amazonas fomenta setor primário em Manaquiri com investimento de R$ 771 mil para os pescadores e produtores da região

-publicidade-

Para fomentar as atividades do setor primário em Manaquiri (distante 60 quilômetros em linha reta de Manaus), o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), entregou, nesta sexta-feira (27/11), benefícios que somam R$ 771 mil em investimentos direcionados à pesca artesanal e à compra de produtos da agricultura familiar. O evento aconteceu na Escola Estadual Anselmo Jacob, localizada no bairro Novo, Manaquiri.

Desse montante, cerca de R$ 500 mil correspondem aos 50 projetos de crédito rural elaborados pelo Idam para aquisição de equipamentos, canoas de alumínio, apetrechos de pesca e custeio da atividade. Os projetos foram financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam). Além disso, foram entregues 50 kits para pesca artesanal no âmbito do Estado, em conformidade com as condições e exigências estabelecidas no edital de Chamamento Público N° 04/2020 – Sepror.

Os kits foram entregues à Colônia dos Pescadores de Manaquiri e cada conjunto é composto por uma caixa de isopor de 170 litros, uma lanterna de LED resistente à água, um terçado médio, uma garrafa térmica de 1,8 litro e um chapéu de palha com aba de 15cm.

Para a compra de produtos da agricultura familiar por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), foram direcionados R$ 221 mil. Ao todo, foram adquiridos pelo Governo do Amazonas 112 toneladas de produtos da agricultura familiar como pimenta-de-cheiro, batata doce, banana pacovã, dentre outros.

De acordo com o secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, o governador Wilson Lima está determinando que é preciso conservar os recursos naturais, mas não abre mão de preservar o cidadão e os agricultores têm um papel muito importante nesse processo.

“Porque se tiver atividade econômica no interior, se tiver oportunidades para o jovem, se tiver emprego, ninguém vai querer ir para a cidade, o jovem não vai se entregar para as drogas e essa é uma preocupação nossa, de que a gente precisa ajudar aquelas pessoas que mais precisam do Governo”, reforçou o secretário.

O diretor-presidente do Idam, Valdenor Cardoso, destacou a importância da presença dos órgãos do Governo para facilitar o acesso das famílias rurais às políticas públicas de incentivo à produção rural.

“O Idam é o órgão de assistência técnica, que apoia o desenvolvimento rural na parte técnica, no plantio, na semente, no cultivo, no processamento da mandioca, fruticultura, piscicultura, óleos vegetais e outras atividades. E também faz a extensão rural, parte que cuida da organização social e produtiva dos produtos, da propriedade e da produção; com documentações essenciais para acesso às políticas como o Cadastro Ambiental Rural (CAR), Cartão do Produtor Primário (CPP), Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), credenciamento no PAA e acesso ao crédito rural”, pontuou Cardoso.

Incentivo- Para o pescador artesanal Antônio Aníbal Cordeiro, 58 anos, da comunidade Divino Espírito Santo, Lago Jutaí, que recebeu financiamento de R$ 21.400 em equipamentos e apetrechos de pesca, o incentivo e apoio no acesso ao crédito vai trazer melhorias para a atividade. “Procurei a sede do Idam, no município, e consegui ter acesso a esse crédito. Trabalho com a pesca há 33 anos e para mim foi uma conquista”, comemorou.

Mais ações- Na ocasião, o Idam entregou quatro Cadastros da Atividade da Agricultura Familiar (CAFs), emitidos pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), documento que libera a dispensa de licenciamento para o agricultor familiar e também entregou 50 Cartões do Produtor Primário (CPP).

Nesse mesmo evento, além da compra, o PAA também fez uma ação extra com a distribuição de 160 sacolas de 15 quilos, constituídos de milho verde, abóbora e abobrinha, atendendo 3.700 pessoas em situação de vulnerabilidade social, por meio do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Grupo de Apoio às Pessoas Vítimas de Câncer, segundo levantamento da Secretaria de Ação Social do município.

Participaram do evento representantes da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf), Secretaria Municipal de Produção Rural, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran- Posto/ Manaquiri), Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama/Posto Manaquiri) e Polícia Militar do Estado do Amazonas.

Foto: Kevyn Sousa/ Idam

-publicidade-