Amazonas Notícias

Amazonas incentiva vacinação de crianças com carona, espaços lúdicos e lanche para o público infantil

FOTO: Drance Jézus/ Seduc-AM

As atividades chegaram nas cinco escolas disponibilizadas para ação com a Prefeitura de Manaus

Carona solidária, brincadeiras e lanche para o público infantil foram algumas das estratégias utilizadas pelo Governo do Amazonas, através da Secretaria de Educação, para incentivar a vacinação infantil durante a ação realizada neste sábado (12/02). As atividades chegaram nas cinco escolas disponibilizadas para ação com a Prefeitura de Manaus, com foco em aumentar a cobertura vacinal desta faixa etária.

De acordo com a secretária de Estado de Educação, Kuka Chaves, as medidas foram adotadas por determinação do governador Wilson Lima. “Fizemos uma grande mobilização e o máximo possível para que nossas crianças se sentissem acolhidas e que os pais fossem atraídos para levar os filhos. É interesse de todos aumentar a cobertura vacinal e para isso estamos trabalhando juntos”, explicou.

Para garantir acesso ao maior número de pessoas, a rede estadual organizou rotas de 24 pontos estratégicos em toda a capital para que estudantes ou membros da comunidade pudessem ser levados aos cinco postos de vacinação abertos.

Facilidade – A mãe dos alunos Larissa, 6 anos, e Lucas Vinhote, 8 anos, Greice Kelly Vinhote, contou que o transporte facilitou sua locomoção ao ponto de vacinação. Para ela, a saúde dos filhos foi o ponto principal para aceitar ajuda.

“Eu estava receosa pelo que via sobre as vacinas mas foi tudo certo, nós chegamos lá por meio do ônibus da Seduc, esperamos na fila e eles não sentiram nada. A vacinação é importante para cuidar da saúde deles então fico muito agradecida pelo auxílio que nos foi dado”, diz Greice.

A mãe da aluna Jordana Rayssa, de 9 anos, Jormana Assis, diz como a vacina é necessária para as crianças, como ela pode amenizar o efeito da doença e assim protegê-las.

“Eu levando a minha filha para se vacinar é um ato em prol da saúde dela, pois caso ela pegue essa doença, com a vacina ela poderá ter sintomas mais leves, ficará mais segura. Além de que, com a carona solidária eu pude ir ao ponto mais próximo e voltar sem preocupações”, afirma a mãe.

O gestor da Escola Estadual Duque de Caxias, Manoel de Queiróz, incentiva que as crianças sejam vacinadas, para que na volta às aulas, que iniciam presencialmente na segunda-feira (14/02), elas estejam bem, mais seguras contra o vírus e possam apenas se empenhar nos estudos, sem mais preocupações.

A EE Duque de Caxias foi uma das 24 escolas a abrir as portas para que os estudantes e membros da comunidade aguardassem a carona para o posto.

Espaços lúdicos e lanche – Como forma de divertir e distrair as crianças também foram criados espaços lúdicos nos locais de vacinação, com brincadeiras, pinturas, desenhos e personagens de animação fantasiados. As salas foram pensadas para que as crianças pudessem ser assistidas no período de 20 minutos após a aplicação da dose, já que a orientação médica é de que os vacinados aguardem no mesmo local. Outro recurso utilizado para incentivar a vacinação foi a distribuição de lanches durante o período de espera e trajeto.

FOTO: Drance Jézus/ Seduc-AM

Relacioandos