Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Amazonas ocupa segundo lugar na imunização com a primeira dose da vacina contra Covid-19 em todo o país

Considerando o público elegível para vacinação, estado alcançou 18% da população, aponta a Organização Pan-Americana da Saúde

Levantamento realizado pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) apontou que o Amazonas ocupa o segundo lugar entre as unidades da federação que mais aplicaram a primeira dose de vacinas contra a Covid-19 em todo o país, considerando o público elegível para imunização acima de 18 anos. Os números divulgados nesta sexta-feira (16/04) mostram que 18% dos amazonenses foram vacinados.

De acordo com o ranking da organização, o Amazonas está na segunda posição em cobertura vacinal entre todos os estados, empatado com a Paraíba e atrás de Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, que estão juntos no 1º lugar, com 20% do público imunizado.

“Apesar de todos os desafios, com as dimensões continentais que nós temos no nosso estado, as populações ribeirinhas, as áreas remotas, as distâncias entre as localidades, apesar de todo esse desafio, a gente tem esse compromisso e temos avançado na campanha de vacinação”, reforçou o diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Cristiano Fernandes.

Em relação à segunda dose, o estado também é o segundo que mais aplicou vacinas, com a marca de 6%. Perde para o Mato Grosso do Sul e São Paulo, em primeiro lugar, com 7% do público imunizado.

Novo lote – O Governo do Amazonas recebeu, na madrugada desta sexta-feira (16/04), a 13ª remessa de vacinas contra a Covid-19 enviadas pelo Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI).

O lote recém-chegado a Manaus conta com um total de 182.650 doses dos imunizantes CoronaVac, fabricado pelo Instituto Butantan, e AstraZeneca, produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Esta é a terceira maior remessa de vacinas já recebida pelo estado, que já soma 1.414.620 doses de vacina recebidas do Governo Federal.

Conforme Cristiano Fernandes, o novo lote resultará em um grande avanço na campanha de vacinação. “Na próxima semana a gente vai avançar bastante. Parte dessa nova remessa vai ser destinada à dose 2, principalmente de idosos, profissionais de saúde, então nós vamos dar um salto na segunda dose da imunização dessa população”, afirmou.

De acordo com o 11º Informe Técnico relativo à 13ª Pauta de Distribuição, emitido pelo Ministério da Saúde (MS) na quarta-feira (14/04), a nova remessa deverá atender a segunda dose de trabalhadores da saúde e da população de 65 a 69 anos.

O informe ainda ressalta que, adicionalmente, também serão distribuídas a primeira dose para trabalhadores da saúde, idosos de 60 a 69 anos, profissionais das Forças Armadas e forças de segurança e salvamento.

Vacinação – Já foram aplicadas 705.357 doses em todo o estado até esta quinta-feira (15/04), sendo 521.033 de primeira dose e 184.324 de segunda dose, de vacinas contra a Covid-19.

De acordo com dados do vacinômetro, a cobertura vacinal da primeira dose no Amazonas está em 67,4% entre os grupos prioritários, enquanto a segunda dose é de 23,9%.

Sem perdas – A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) informa que não houve perda de vacinas contra a Covid-19 por vencimento do prazo de validade. Todas as doses com vencimento previsto para o dia 14 de abril foram utilizadas. No município de São Gabriel da Cachoeira, onde havia 360 doses com prazo de validade nessa data, a FVS-AM intensificou os trabalhos.

A força-tarefa contou com técnicos da Fundação, da Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM) e da Secretaria Municipal de Saúde de São Gabriel. Os grupos prioritários foram convocados e a vacinação aconteceu no Ginásio Alberto Coimbra, no município.

FOTO: Diego Peres/Secom, Arthur Castro/Secom e Girlene Medeiros/FVS-AM

-publicidade-