Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Amazonas – Taxa de desocupação alcança 17,0% em julho

A taxa de 17,0% de desocupação é a maior do país, e cresceu 2,1 pontos percentuais em relação a junho, e 5 p. p. em relação a maio. No total, 265 mil pessoas em idade de trabalhar estavam desocupadas no Amazonas, em julho.

  • Resumo
  • Cerca de 62,6% de domicílios no Amazonas receberam auxílio emergencial.
  • 50,4% (ou 652 mil) das pessoas ocupadas estão na informalidade. Possivelmente, em razão do aumento do número de pessoas ocupadas como trabalhador familiar auxiliar e trabalhador por conta própria.
  • 265 mil pessoas em idade de trabalhar estavam desocupadas no Amazonas. Já a população fora da força de trabalho ficou estimada em 1,43 milhão.
  • Houve aumento de 86 mil pessoas desocupadas no Estado, entre maio e julho.
  • 72% do total de pessoas afastadas do trabalho (131 mil) estavam afastadas devido ao distanciamento social.
  • 84 mil pessoas afastadas do trabalho deixaram de receber remuneração na semana de referência da pesquisa.

De acordo com os dados da PNAD COVID19, divulgada hoje, 20, com dados referentes a julho, foram estimadas, no Amazonas, cerca de 4 milhões de pessoas. Na população residente, 2,98 milhões tinham 14 anos ou mais de idade, ou seja, em idade de trabalhar. A população na força de trabalho eram 1,56 milhão. Entre esses, 1,29 milhão eram pessoas ocupadas e 265 mil desocupadas. A população fora da força de trabalho ficou estimada em 1,43 milhão.

Segundo os dados apresentados, há uma tendência de decréscimo do número de pessoas ocupadas e um aumento significativo de pessoas desocupadas, um aumento de 86 mil pessoas desocupadas entre maio a julho.

População residente, pessoas em idade de trabalhar, ocupados, desocupados, na força de trabalho e fora da força de trabalho na semana de referência – Amazonas – maio a julho de 2020

 

Indicador Unidade da Federação Maio Junho Julho
População Residente (mil pessoas) Amazonas   4 036   4 041   4 046
Pessoas de 14 anos ou mais de idade (mil pessoas) Amazonas   2 955   2 984   2 989
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas   1 307   1 324   1 293
Pessoas desocupadas (mil pessoas) Amazonas    179    235    265
Pessoas na força de trabalho (mil pessoas) Amazonas   1 485   1 559   1 558
Pessoas fora da força de trabalho (mil pessoas) Amazonas   1 469   1 425   1 431

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD COVID19 julho/2020.  

Taxa de desocupação no Amazonas alcançou 17,0%, em julho

             A taxa de desocupação em julho cresce 2,1 pontos percentuais em relação a junho, e 5 pontos percentuais em relação a maio. Já a taxa de participação na força de trabalho se manteve relativamente constante em comparação a junho, e o nível de ocupação diminuiu para 43,2%.

O número de pessoas que estavam na força de trabalho e as pessoas não ocupadas que não procuraram trabalho, mas gostariam de trabalhar era de 2,27 milhões. E o número de pessoas não ocupadas que não procuraram trabalho por conta da pandemia ou por falta de trabalho na localidade, mostra uma tendência de queda, de 560 mil em maio para 484 mil em julho de 2020.

Indicador Unidade da Federação Maio Junho Julho
Taxa de participação na força de trabalho (%) Amazonas 50,3 52,2 52,1
Nível da ocupação (%) Amazonas 44,2 44,4 43,2
Taxa de desocupação (%) Amazonas 12,0 15,1 17,0
Pessoas não ocupadas que não procuraram trabalho, mas gostariam de trabalhar na semana anterior (mil pessoas) Amazonas    759    726    718
Pessoas na força de trabalho e pessoas não ocupadas que não procuraram trabalho, mas gostariam de trabalhar na semana anterior (mil pessoas) Amazonas   2 245   2 285   2 276
Pessoas não ocupadas que não procuraram trabalho por conta da pandemia ou por falta de trabalho na localidade, mas que gostariam de trabalhar na semana anterior (mil pessoas) Amazonas    560    496    484

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD COVID19 julho/2020.

 

 

Com a taxa de desocupação 17,0%, em julho, o Amazonas é a Unidade da Federação com a maior taxa de desocupação do país. As maiores taxas, além do Amazonas, são: Maranhão (16,7%), Bahia (15,9%) e Alagoas (15,7). As menores taxas foram as de Santa Catarina (8,4%), Rondônia (9,1%) e Piauí (9,7%). 

Pessoas Ocupadas

No Amazonas, havia 1,29 milhão de pessoas ocupadas na semana de referência de julho, dentre os quais: 463 mil (35,8%) eram pessoas que trabalhavam por conta própria, 320 mil (24,8) pessoas ocupadas no setor privado e com carteira assinada e 147 mil (11,4%) eram militares e servidores estatutários. Em relação ao trabalhador doméstico, a maioria desses eram trabalhadores sem carteira assinada (32 mil pessoas).

No período de maio a julho de 2020, há o aumento do número de pessoas ocupadas como trabalhador familiar auxiliar: maio (71 mil pessoas), junho (108 mil pessoas) e julho (114 mil pessoas).

População ocupada – Posição na ocupação e categoria do emprego – Amazonas – julho de 2020

Indicador Unidade da Federação Posição na ocupação e categoria do emprego Maio Junho Julho
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Total   1 307   1 324   1 293
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Empregado do setor privado com carteira assinada    336    325    320
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Empregado do setor privado sem carteira assinada    110    110    111
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Trabalhador doméstico com carteira assinada    6    7    5
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Trabalhador doméstico sem carteira assinada    39    37    32
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Empregado do setor público com carteira assinada    22    17    15
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Empregado do setor público sem carteira assinada    74    72    72
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Militar e servidor estatutário    135    133    147
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Empregador    15    15    13
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Conta-própria    498    501    463
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Trabalhador familiar auxiliar    71    108    114

                Em relação ao grupamento por atividade, do total de pessoas ocupadas em julho no Amazonas (1,29 milhão de pessoas), 260 mil pessoas estavam ocupadas na Administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais, 207 mil pessoas ocupadas Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, 180 mil pessoas ocupadas no Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas e 122 mil pessoas na indústria geral; sendo que desses, 101 mil pessoas na indústria de transformação. 

 

População ocupada – Grupamento de AtividadeAmazonas – maio e junho de 2020

 

Indicador Unidade da Federação Grupamentos de atividade Maio Junho Julho
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Total   1 307   1 324   1 293
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura    203    230    207
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Indústria geral    141    133    122
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Indústrias de transformação    116    112    101
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Construção    64    70    69
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas    177    171    180
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Transporte, armazenagem e correio    68    64    62
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Alojamento e alimentação    86    110    102
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas    95    91    95
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais    244    238    260
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Serviços domésticos    45    43    37
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Outros serviços    30    37    32
Pessoas ocupadas (mil pessoas) Amazonas Outras atividades    153    135    126

 

Das 1,29 milhão de pessoas ocupadas em julho no Amazonas, 652 mil pessoas estavam ocupadas na informalidade, superando as 641 mil pessoas ocupadas em maio, o que significa que mais da metade das pessoas ocupadas (50,4%) estavam na informalidade.

 

Indicador Unidade da Federação Maio Junho Julho
Proxy da taxa de informalidade das pessoas ocupadas (%) Amazonas 49,0 51,5 50,4
Pessoas ocupadas e na informalidade (mil pessoas) Amazonas    641    681    652

No Amazonas, dos 1,29 milhão de pessoas ocupadas em julho, 182 mil pessoas permaneciam ocupadas, número menor do que foi registrado em junho (271 mil pessoas) e em maio (367 mil pessoas). 131 mil pessoas ainda estavam afastadas do trabalho por conta do distanciamento social e 51 mil estavam afastadas por um outro motivo diferente do distanciamento social. Assim 72% das pessoas afastadas, estavam afastadas devido ao distanciamento. 

 

Pessoas ocupadas e pessoas que estavam temporariamente afastadas do trabalho que tinham na semana de referência – Amazonas – maio, junho e julho de 2020

 

Indicador Unidade da Federação Maio Junho Julho
Pessoas ocupadas e afastadas do trabalho que tinham devido ao distanciamento social (mil pessoas) Amazonas    282    202    131
Pessoas ocupadas e afastadas do trabalho que tinham por motivo diferente do distanciamento social (mil pessoas) Amazonas    86    69    51
Pessoas ocupadas e afastadas do trabalho que tinham (mil pessoas) Amazonas    367    271    182

No Amazonas, foi verificado que entre os ocupados que estavam afastados do trabalho que tinham na semana de referência (182 mil pessoas), aproximadamente 84 mil pessoas deixaram de receber remuneração do trabalho, e 99 mil pessoas continuaram a receber a remuneração.

Pessoas ocupadas e pessoas que estavam temporariamente afastadas do trabalho segundo o Status de Remuneração na semana de referência – Amazonas – maio, junho e julho de 2020

 

 

Indicador Unidade da Federação Condição (status) de remuneração do trabalho Maio Junho Julho
Pessoas ocupadas e afastadas do trabalho que tinham (mil pessoas) Amazonas Total    367    271    182
Pessoas ocupadas e afastadas do trabalho que tinham (mil pessoas) Amazonas Continuou a receber remuneração ou já era não remunerado    146    125    99
Pessoas ocupadas e afastadas do trabalho que tinham (mil pessoas) Amazonas Deixou de receber remuneração    221    146    84

 

 

Das 1,29 milhão de pessoas ocupadas no Amazonas, 1,11 milhão não estavam afastadas do trabalho que tinham. Dessas, 61 mil trabalharam na forma remota, ou seja de 5,5%.

Pessoas ocupadas e pessoas não afastadas na semana de referência – Amazonas – maio, junho e julho de 2020

 

Indicador Unidade da Federação Maio Junho Julho
Pessoas ocupadas e não afastadas do trabalho, que trabalhavam de forma remota (mil pessoas) Amazonas    87    65    61
Percentual de pessoas ocupadas e não afastadas do trabalho, que trabalhavam de forma remota, no total da população ocupada e não afastada do trabalho (%) Amazonas 9,3 6,2 5,5
Pessoas ocupadas e não afastadas (mil pessoas) Amazonas    939   1 054   1 110

 Cerca de 62,6% de domicílios no Amazonas receberam auxílio emergencial de, na média de, R$ 987,00.

 

Auxílio Emergencial – Amazonas – maio, junho e julho de 2020

Indicador Unidade da Federação Maio Junho Julho
Percentual de domicílios que recebem auxílio emergencial no total de domicílios (%) Amazonas 55,8 61,8 62,6
Média do rendimento proveniente do auxílio emergencial recebido pelos domicílios (R$) Amazonas    985    987    987

-publicidade-