Amazonino: Vale do Madeira terá companhia de desenvolvimento

O candidato à reeleição pela coligação “Eu voto no Amazonas”, Amazonino Mendes (PDT), disse neste domingo (23/09), em Manicoré (a 330 quilômetros de Manaus), que vai criar a Companhia de Desenvolvimento do Vale do Madeira, para impulsionar as potencialidades econômicas dos municípios do Sul do estado.

Em visita à ‘Terra do Bacurau’, Amazonino Mendes destacou que o Amazonas não pode depender somente do modelo do Polo Industrial de Manaus (PIM), que segundo o governador, vive uma instabilidade jurídica que ameaça a economia amazonense. Ele ressaltou que com a Companhia do Vale do Madeira, o setor primário passará a ser o protagonista na Região Norte.

“O sul do Madeira é a grande promessa da redenção econômica. Humaitá está se preparando para substituir o porto de Porto Velho. Em Humaitá, estamos fazendo o Anel Viário para viabilizar o porto (graneleiro). Toda a atividade econômica dada hoje em Porto Velho, vai ser ocorrer em Humaitá e necessariamente com a produção de grãos que vai invadir Manicoré, Lábrea, o Matupi. Isso vai fazer uma economia gigantesca no sul do Amazonas. Por isso, vou criar a Companhia de Desenvolvimento do Vale do Madeira”, explicou om governador.

Amazonino disse que vai transformar a cidade em um centro do setor primário com a vocação agrícola do município. Ele adiantou que vai asfaltar estradas, ramais e vicinais para facilitar o escoamento da produção.

“Essa estrada da (comunidade) Democracia, que liga até a BR-319, o Alfredo (Nascimento, candidato ao Senador) já arrumou R$ 18 milhões, e juntos vamos asfaltar, e fazer o sistema produtivo ao longo dessa estrada para fazer o escoamento para chegar até Manaus. Vamos gerar emprego com atividade econômica e acabar com o ‘lero, lero” de muita gente que não faz absolutamente nada durante todos esses anos”, declarou.

Investimentos

Aos manicoreenses, o governador Amazonino informou que em onze meses de gestão, cobrou a retomada de obras do Hospital Matupi, e a recuperação da malha viária da sede do município e da área rural. Aproximadamente R$ R$ 29,6 milhões são investidos em obras. Por meio da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), 177 empreendedores foram beneficiados com investimento de R$ 1,5 milhão. Já na área da saúde, Amazonino aplicou R$ 1,5 milhão, e entregará o novo hospital de Matupi.

“Nós estamos realizando investimentos que estavam paralisados, devido à situação de caos em que o Estado foi acometido. Nós temos responsabilidade, sabemos administrar e por isso Manicoré retomou as obras do hospital do Matupi; da construção da delegacia, e de todo o sistema viário”, finalizou o governador.

Amazonino vai investir no setor primário aproximadamente R$ 2 milhões para o fomento de implementos agrícolas, correção de solo e modernização de equipamentos.

Carreata

Na noite de sábado, Amazonino foi recebido por milhares de moradores de Manicoré que foram às ruas em uma mega carreata declarar apoio à reeleição de Amazonino.

Para o professor Marcelo Oliveira, a experiência de Amazonino e a capacidade de administrar mudou o rumo do interior do Amazonas. “O Amazonino já provou que é o melhor para Manicoré, ajudou nossa infraestrutura com o término das obras que estavam paradas há anos. Por isso, nós votamos 12, Amazonino”, declarou o professor.

Foto: Clóvis Miranda

Compartilhe