“A Defensoria é a mão que une o Direito, sempre elitizado, com a população mais carente”. Assim Yáskara Xavier Luciano Lucena define o trabalho que pretende desempenhar como servidora concursada da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), ao explicar porque a instituição esteve sempre em seu foco de atuação.

Aprovada no concurso público realizado em 2018, para o cargo de analista jurídico, Yáskara tomou posse nesta quarta-feira, 30, na sede da instituição. Ela é o 26º servidor aprovado no concurso a ser empossado pelo defensor público geral, Rafael Barbosa.

Yáskara também está entre os aprovados nos concursos para defensor público do Amazonas e do Amapá, o que foi ressaltado pelo defensor geral na leitura do termo de posse.

“Faço sempre questão dessa solenidade, de ler o termo de posse e de ressaltar o comprometimento que desejamos ter por parte de todos os que atuam na Defensoria. Mais do que o aspecto financeiro, acredito que a identidade é o principal incentivador do bom desempenho do trabalho. E você, por ter sido aprovada para outras Defensorias, tem essa identidade, esse comprometimento”, comentou.

Yáskara conta que nasceu no sertão do Ceará, o que muito contribuiu para que a Defensoria sempre fosse o seu foco de atuação. “Venho de uma região onde há muitas pessoas necessitadas e isso sempre me tocou muito. Sinto que a Defensoria vem para ser a mão que faz a união entre o Direito, sempre elitizado, com a população mais carente”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here