As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Aniversário do Santo Agostinho pode entrar no Calendário Oficial do Município

Governo 3

A partir deste ano, o aniversário de fundação do bairro Santo Agostinho, localizado na zona Oeste de Manaus, celebrado no dia 28 de agosto, pode passar a constar no calendário oficial da cidade. Nesta terça-feira (02), a Câmara Municipal de Manaus recebeu o Projeto de Lei nº154/2015, de autoria do vereador Professor Samuel, que institui a referida data no calendário oficial do município, e a proposta deverá tramitar em até dois meses.

Segundo o parlamentar, o projeto é uma forma de homenagem ao bairro no ano em que se comemora seu 45º aniversário. “Até pouco tempo essa área comportava somente casas populares, hoje, conta com lojas, postos de gasolina, conjuntos residenciais, casas de shows e até com uma academia de tênis. Ou seja, em 45 anos houve um desenvolvimento significativo da região, o que trouxe melhoria para os residentes locais. Não podemos deixar essa trajetória passar em branco”, explicou.

Governo 2

Com cerca de 20 mil moradores, o bairro é um dos mais antigos da cidade e surgiu na década de 1970. Posteriormente, a área foi sendo ocupada com as famílias retiradas da “Cidade Flutuante”, habitações construídas em palafitas no rio Negro desocupadas por ordem governamental. Possuindo uma superfície de 209 hectares, o bairro está localizado entre os bairros da Compensa, Nova Esperança, Lírio do Vale e Ponta Negra, e possui ainda uma pequena faixa de orla fluvial do rio Negro.

Relembrando a história do bairro, o vereador afirma que o mesmo teve sua origem com trabalhadores vindos para a Zona Franca e atraiu cada vez mais famílias de classe média. A nova realidade urbana da área atraiu, também, empresas, como o Shopping Santo Agostinho, inaugurado em 2013 ao lado do Condomínio Villa Verde, com capacidade para 41 lojas e perspectiva de gerar mais de cem empregos diretos.

Também presidente da Comissão de Direitos Humanos da CMM, o vereador professor Samuel argumenta que a oficialização da data no calendário oficial do município é também uma forma de promover o resgate histórico da história de Manaus. “Assim, não apenas os moradores do Santo Agostinho irão comemorar seu aniversário, mas também a cidade como um todo, que ficará ciente que o dia 28 de agosto tem também um valor histórico que faz parte da nossa formação social”, disse.