Take a fresh look at your lifestyle.

Ao empossar titulares da SSP e Polícia Civil, José Melo enfatiza combate ao tráfico e ações de prevenção à criminalidade

-publicidade-

Anunciando aprimoramentos no sistema de segurança pública, com reforço no combate ao tráfico de drogas e na prevenção à criminalidade, o governador do Amazonas, José Melo, deu posse nesta quarta-feira, 21 de janeiro, ao novo titular da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Sérgio Fontes, e da Delegacia Geral da Polícia Civil, Orlando Amaral. Melo confirmou o reforço do Ronda no Bairro e anunciou para março o lançamento do “Todos pela Vida”, programa com ações conjuntas nas áreas de educação, cultura, esporte e assistência social.

Realizada no auditório da sede do Governo do Estado, no bairro da Compensa II, zona oeste da capital, a solenidade de posse do novo comando da SSP contou com a presença do vice-governador do Estado, Henrique Oliveira, do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e dos presidentes da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Josué Neto, e da Câmara Municipal de Manaus, vereador Wilker Barreto. Deputados estaduais, secretários de governo e servidores da área de segurança pública, entre eles o novo comandante geral da PM, coronel Gilberto Gouvêa, também prestigiaram o ato.

Melo afirmou que um dos maiores desafios que vai enfrentar é reforçar o combate ao tráfico de drogas. Conforme indicadores da SSP-AM, 80% das ocorrências registradas no Estado têm o tráfico como pano de fundo. “Os indicadores exigem ir a fundo na questão”, disse o governador. Para isso, além de reforçar a estrutura das forças policiais, Melo disse que vai ampliar o diálogo com o Governo Federal para que as forças armadas sejam empregadas para auxiliar as policiais Civil e Militar, e a Polícia Federal, no combate ao narcotráfico.

“A Amazônia internacional é hoje fonte de produção de maconha, cocaína, e esses produtos passam pelo território. Está provado que as forças militares e a polícia federal sozinha não têm condições de combater isso. Defendo a tese de uma mudança na Constituição para permitir que as forças armadas venham nos ajudar nessa tarefa. Aqui no Amazonas, e não é diferente do restante do Brasil, mais de 80% das ocorrências policiais têm como pano de fundo o tráfico de drogas”, declarou.

“Todos pela Vida” – Em complemento às ações de segurança pública, o Governo do Amazonas vai reforçar o trabalho de prevenção com ações sociais, por meio do programa “Todos pela Vida”, que será lançado em março. O programa consiste no desenvolvimento integrado de ações pelas Secretarias de Educação (Seduc), Esporte (Sejel), Assistência Social (Seas) e de Cultura, para prevenir a criminalidade em áreas vulneráveis à violência. As ações envolverão a população por meio das associações comunitárias e igrejas. Em reforço, ainda, Melo afirmou que o Governo do Estado vai implantar centros de convivência da família e escolas de tempo integral nas chamadas “áreas vermelhas”, onde há indicadores de criminalidade mais elevados.

“É necessário irmos à origem. Posso garantir a vocês que vou recorrer a todos: forças armadas, polícia federal, nossos queridos prefeitos, para nos juntarmos à sociedade, a todos nós, num programa que tenho muita confiança que vai dar certo. Não podemos mais conviver com as estatísticas de mortes e homicídios todos os dias. Não importa se de traficante ou não, são vidas”, afirmou.

O programa Ronda no Bairro continuará com peso importante dentro da estrutura da Segurança Pública e deve ser submetido a ajustes, adiantou o governador. Melo agradeceu ao empenho dos servidores da área e enalteceu o trabalho do ex-secretário da SSP, coronel Paulo Roberto Vital, e do ex-delegado-geral, Josué Rocha. “Os últimos anos foram de muitos investimentos e agora cabe o dever de aprimorar o sistema”, frisou o governador, ressaltando que o orçamento da pasta saiu de R$ 694 milhões, em 2010, para R$ 1,4 bilhão ano passado.

Além de mudanças no Ronda no Bairro, Melo adiantou que prepara outras melhorias na Segurança Pública e estuda a realização de novos concursos para as polícias Civil e Militar. Nesta quinta-feira, dia 22, às 10hs, ocorrerá a passagem de comando da Polícia Militar, com a solenidade de posse do novo comandante-geral da PM, Coronel Gilberto Andrade Gouvêa.
Integração – O secretário da SSP, Sérgio Fontes, afirmou durante a solenidade de posse, que vai priorizar a integração entre as forças policiais. Além dos novos concursos públicos, Fontes adiantou que haverá melhorias na corregedoria, aquisição de novas viaturas e disse que pretende gerir o sistema com democracia, ouvindo os representantes, para avaliá-lo e aprimorá-lo continuamente.

Ex-superintendente da Polícia Federal no Estado, Fontes adiantou que pretende desenvolver um trabalho em conjunto com o judiciário e o Ministério Público. “A responsabilidade é enorme e vamos trabalhar diuturnamente para merecer essa confiança”, disse.

Polícia Civil – O delegado-geral da Polícia Civil, Orlando Amaral, adiantou que pretende reforçar a parte operacional, seguindo a determinação do governador, com novas operações de segurança. Disse que vai intensificar os trabalhos de investigação e o uso da inteligência. Outra prioridade será oferecer melhores condições a corporação.

Orlando Amaral anunciou que o delegado Raimundo Acciolli ocupará o cargo de delegado-geral adjunto. A Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), que antes estava sob a administração de Orlando Amaral, agora fica sob a responsabilidade do delegado Adriano Félix. “Fizemos alterações na cúpula da Polícia, modificações nas delegacias especializadas e nos distritos com o objetivo de colocar a pessoa certa no lugar certo”, frisou o delegado-geral da Polícia Civil.

-publicidade-