Take a fresh look at your lifestyle.

Após 98 dias de internação, jovem recebe alta do Centro de Tratamento de Queimados no Amazonas

-publicidade-

Com mais de 60% do corpo atingido, paciente do interior do Amazonas volta para casa

Um acidente com líquido inflamável deixou o jovem Daniel Cardena Arevalo, 15 anos, em estado grave com mais de 60% do corpo queimado. Vindo do município de São Paulo de Olivença (distante 975 quilômetros de Manaus), o jovem ficou internado no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto, único na Amazônia Ocidental e referência nesse tipo de atendimento, por 98 dias. Daniel recebeu alta na última quarta-feira (17/02).

A mãe de Daniel, Nelci Consuelo Cardena, comemorou a saída do filho da unidade de saúde. “Eu estou feliz demais. Meu filho passou por tanto sofrimento, mas ele conseguiu, graças a Deus. Primeiramente eu só tenho a agradecer a Deus e depois aos médicos, que tiveram paciência, cuidaram dele”, disse.

A cirurgiã plástica Glória Buitrago, do CTQ, relata que o paciente ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), intubado, sendo realizadas limpezas cirúrgicas, curativos diários, além de enxertos. De acordo com a médica, pelo fato do CTQ estar localizado dentro de um HPS, há facilidade no acesso de exames e recursos humanos.

“Foi um paciente que chegou muito grave, graças a Deus conseguiu ser resgatado e foi uma surpresa para nós que esteja tendo alta. Um paciente que foi salvo graças à medicina, ao hospital e a Deus, a gente tem que agradecer. Porque as coisas boas temos que mostrar. A gente trabalha por amor, a nossa maior alegria é conseguir salvar um paciente e devolver para a família”, afirmou a cirurgiã.

Responsável pela UTI, o médico Wilson Filho ressalta que a recuperação do paciente contou com a equipe composta de médicos intensivistas e de cirurgia plástica, enfermeiros e técnicos, psicólogos, fisioterapeutas e nutricionista.

“Para nós é motivo de muita alegria, muita satisfação poder ver o Daniel sair acordado, consciente, junto da sua família. Nossa equipe está realmente muito alegre em poder ter participado desse tratamento, dessa missão de ter ajudado o Daniel”, destacou.

Estrutura – O CTQ está apto a atender vítimas de explosões, de queimaduras domésticas, de descargas elétricas, de produtos inflamáveis e até acidentes aéreos. Com uma equipe multiprofissional exclusiva, composta por cirurgiões plásticos, médicos intensivistas, fisioterapeutas, enfermeiros, psicólogos e nutricionistas, o CTQ funciona num espaço exclusivo e independente dentro da estrutura do HPS 28 de Agosto.

O centro possui dois leitos de terapia intensiva e três enfermarias, com seis leitos cada, totalizando 20 leitos destinados apenas às vítimas de queimaduras.

Foto: Rodrigo santos

-publicidade-