Após cinco anos, famílias aceitam sair de antigo prédio do Ministério da Fazenda no Centro de Manaus

Chega ao fim, após cinco anos e meio, o drama de 34 famílias que ocuparam o antigo prédio do Ministério da Fazenda, no Centro, localizado entre as ruas Quintino Bocaiúva e Guilherme Moreira. Nesta terça-feira (20), elas sairão do prédio.

Após intervenção da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), foi feita visita às famílias e início das tratativas para que todas fossem inseridas no programa Auxílio Aluguel, diante do grave risco à vida dos ocupantes por conta da precariedade do prédio, conforme avaliação preliminar feita pela Defensoria Pública da União (DPU) e, posteriormente, confirmada pela Defesa Civil de Manaus.

 

Além da Semasc, a ação será acompanhada pelo Instituto de Planejamento Urbano (Implurb), por meio da Vice-Presidência de Habitação e Regularização Fundiária (Vpreshaf), que fará a inserção das famílias nos programas habitacionais do município, Defesa Civil de Manaus e Superintendência do Patrimônio da União no Amazonas (SPU/AM).