Manaus - 08/11/2018 Equipe tecnica do CPRM produz laudo da praia da Ponta Negra Foto.Altemar ALcantara/Semcom

Após avaliação do laudo técnico do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) sobre as condições de uso da praia da Ponta Negra, a Prefeitura de Manaus constatou que não vai ser preciso interditar o local. Mesmo assim, orientações e cuidados aos banhistas vão ser reforçados, devido ao baixo nível do rio Negro.

O laudo do CPRM apontou uma faixa de segurança para banho de sete metros, a partir da margem. Porém, a prefeitura diminuiu a área delimitada para banho na praia para cinco metros, garantido total segurança aos banhistas. Outra medida foi a instalação de novas placas de sinalização para alertar banhistas e usuários quanto às regras de uso, especialmente na área de banho no rio Negro.

Segundo o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), que gerencia o espaço, todo o efetivo de segurança do local, formado pelo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal e demais órgãos que já atuam na Ponta Negra, estão com suas atividades direcionadas para orientar e fiscalizar os banhistas. “O prefeito Arthur preocupado com a população determinação que o Implurb, através da sua comissão, colocasse a boia a cinco metros.”

A delimitação de banho na praia da Ponta Negra deve permanecer em cinco metros até o final deste ano. Na praia, além do horário de funcionamento indicado para banho – até às 17h – e a preocupação com as crianças dentro do rio, a recomendação é a moderação no consumo de bebidas alcoólicas.

Crédito: Altemar Alcântara / Semcom

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here