Após perder a mãe para a Covid-19, jovem se vacina no Vasco Vasques

A esperança por dias melhores fez com que a assistente administrativa Adriele da Silva, 29, não hesitasse em comparecer ao mutirão da campanha “Vacina Amazonas”, nas últimas horas de terça-feira (29/06), para tomar sua vacina contra a Covid-19. Ela, assim como milhares de amazonenses, teve sua vida diretamente afetada pela pandemia após perder a mãe, vítima da doença.

Acompanhada do pai, a jovem compareceu ao Centro de Convenções Vasco Vasques, um dos três pontos de vacinação montados pelo Governo do Amazonas, que funcionarão 24 horas para imunizar o público com 28 anos ou mais. Bastante emocionada, ela relembra a perda da matriarca e acredita ser um dia histórico para quem passou por situações semelhantes à dela.

“É uma dose de esperança para todos nós. Eu mesma perdi quatro pessoas da minha família, inclusive a minha mãe. Então, hoje, é um dia que é marcante, é uma esperança para todos aqueles que perderam parentes, que perderam as pessoas que amavam”, disse Adriele, muito emocionada.

Agora, parcialmente imunizada, a assistente administrativa comemora a oportunidade obtida e aproveita para fazer um apelo, para todos aqueles que hesitam em comparecer a um dos postos de vacinação, por medo de possíveis efeitos advindos da vacina.

“Muita gente tem medo de reação, muita gente tem medo do desconhecido, que foi muito rápido, mas assim, independentemente de ser rápido ou não, o pesadelo que muitas famílias passaram no hospital, em perdas, em dificuldade, vale a pena você vir e se vacinar. Você está imunizado e seguro junto com a sua família, junto com as pessoas que você ama”, diz.

Vacinação – Arena da Amazônia, Sambódromo e Vasco Vasques seguem recebendo a população a partir de 28 anos para vacinação contra a Covid-19. No Sambódromo, o mutirão iniciou às 9h de terça-feira e segue até as 18h de quarta-feira, com 33 horas de vacinação sem intervalos. O Vasco Vasques, assim como a Arena da Amazônia, começou a atender a população às 18h de terça e segue até as 18h de quarta-feira. Os postos da Prefeitura de Manaus funcionarão no horário habitual.

A população a partir de 28 anos que for a um dos pontos de vacinação deve apresentar, obrigatoriamente, documento original com foto, CPF, e comprovante de residência (original e cópia).

FOTO: Mauro Neto/FAAR