Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Após reabertura, atenção às normas de uso na Ponta Negra durante pandemia são reforçadas

Com a flexibilização de medidas restritivas em vigor desde o ano passado em relação ao uso da praia do Complexo Turístico Ponta Negra, por conta da pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Manaus reforça os protocolos, informações e medidas de segurança para o uso correto do espaço. O Decreto nº 5.076 do prefeito de Manaus, David Almeida, permite até o próximo dia 17 de maio o acesso à praia nos dias úteis da semana, de 6h as 17h. A praia segue interditada nos finais de semana, feriados e pontos facultativos. O parque é gerenciado pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

Mesmo com a flexibilização, a Prefeitura de Manaus ressalta a importância de proteção individual, com o uso de máscara, limpeza das mãos com lavagem e uso de álcool gel, além da manutenção do distanciamento mínimo.

Para reduzir aglomerações dos frequentadores para um banho de rio e de sol na areia, a estrutura de atendimento com os guarda-sóis está sendo montada respeitando o distanciamento entre os jogos de mesas e cadeiras. Em relação às filas para compra de produtos, deve-se atentar para o distanciamento de, no mínimo, 1 metro entre clientes.

Ficam permitidas as atividades dos permissionários e dos estabelecimentos localizados no parque no período de 6h as 23h, para fornecedores de refeições, gêneros alimentícios e similares; e de 6h as 19h para os demais permissionários e estabelecimentos.

A medida prevista no decreto poderá ser reavaliada a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do município.

Segurança no rio

A Prefeitura de Manaus ressalta que é importante respeitar as normas de uso do espaço e não ultrapassar o cordão de isolamento na água, colocado pela equipe de salva vidas do Corpo de Bombeiros, que indica a área de segurança dos banhistas no rio. Além do horário indicado para banho – até as 17h – e a preocupação com as crianças dentro do rio, a recomendação principal é de cuidado no consumo de bebidas alcoólicas.

“As crianças devem sempre estar acompanhadas dos pais ou responsáveis dentro e fora da água, evitando desaparecimentos e risco de afogamento. Quem não tem muita habilidade na água ou até mesmo não sabe nadar deve evitar ir para a parte mais funda do rio, preferindo a área mais rasa, evitando negligência. E quem vem para a praia deve vir para se divertir e ter moderação com bebida alcóolica. O excesso de bebida acaba facilitando para que ocorra um afogamento”, explicou o tenente Liberato, chefe dos salva vidas dos bombeiros na Ponta Negra.

Apesar de o rio estar cheio, a praia perene está nivelada. Os salva vidas estão na praia para prevenção e possível necessidade de resgate no rio. Os bombeiros trabalham em escala, sendo dez homens se revezando no complexo.

Os corpos permanentes de segurança, incluindo Guarda Municipal, com ciclopatrulha, a Polícia Militar e bombeiros atuam no monitoramento da praia e na segurança dos banhistas até 17h, bem como na segurança e manutenção do patrimônio de todo o complexo. Equipes da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) reforçam a higiene do calçadão e da praia perene.

Faixa Liberada

Aos domingos, o calçadão superior está com uma faixa liberada, a fim de receber pedestres e possibilitar um maior distanciamento entre os frequentadores do espaço, para caminhadas e corridas.

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) faz as sinalizações necessárias, liberando uma das faixas da avenida Coronel Teixeira no perímetro que compreende a rotatória em frente à entrada do Tropical Hotel e a rotatória próxima à avenida do Turismo, no sentido bairro/Centro.

O trânsito fica bloqueado no lado direito de quem segue no sentido da avenida do Turismo, deixando a circulação de carros somente pelo lado oposto no sentido bairro/Centro.

Os veículos que trafegam na Ponta Negra no sentido Centro/bairro serão desviados para a alameda Alaska, próximo ao edifício Aruba, depois à esquerda na alameda Líbia até a rotatória do Tropical Hotel, e assim poderão seguir em contrafluxo na avenida Coronel Teixeira, em direção ao Centro. O sentido oposto da via entre a rotatória do Hotel Tropical e a rotatória do Turismo ficará interditado para a prática de atividade física.

Na área do calçadão, cujo espaço a população voltou a frequentar para a realização de atividades físicas ao ar livre em decorrência da flexibilização do decreto estadual, a Guarda Municipal e a comissão do parque mantêm a fiscalização e orientação aos usuários.

Texto – Claudia do Valle / Implurb

Foto – Divulgação / Implurb

-publicidade-