Amazonas Notícias

Argentina implementa reforma na aviação para atrair companhias aéreas estrangeiras

Decreto visa aumentar concorrência e expandir rotas e frequências de voos

O governo argentino anunciou nesta quarta-feira (10) um decreto abrangente para abrir o setor de aviação do país, convidando companhias aéreas estrangeiras a competir em um mercado tradicionalmente dominado pela estatal Aerolineas Argentinas.

A reforma tem como objetivo aumentar o número de rotas e frequências de voos, trazendo mais concorrência para o setor, de acordo com comunicado do Ministério dos Transportes. As transportadoras poderão solicitar a operação de quantas rotas e frequências desejarem, sujeitas à aprovação de segurança.

Além disso, o novo decreto permite que as companhias aéreas tenham controle total sobre os preços das passagens, eliminando a regulamentação anterior que permitia ao governo definir um preço mínimo.

Desde que assumiu o cargo em dezembro, o presidente libertário Javier Milei tem firmado uma série de “acordos de céus abertos” com outros países, permitindo que suas companhias aéreas operem rotas domésticas na Argentina sob certas condições.

Relacioandos