As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Arsam anuncia intensa fiscalização durante o fim de semana prolongado

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam) realiza uma intensa fiscalização durante o fim de semana prolongado que contempla o feriado da Consciência Negra, (20) nas principais saídas de Manaus, com início às 18h, desta sexta-feira, dia 17. O objetivo é reforçar a segurança dos condutores e passageiros nas rodovias do Estado do amazonas.

Em média, 40 agentes vão atuar durante o plantão. As escalas vão ser por meio de rodízio, para que todos os horários sejam preenchidos, e os postos de fiscalização estejam em pleno funcionamento, devido ao grande fluxo de saída dos veículos da capital.

No último feriado, da Proclamação da República, em 15 de novembro, em média 591 veículos e 4855 passageiros se deslocaram da cidade, e para este feriado a estimativa é que a movimentação nas principais saídas ultrapasse os dados anteriores.

De acordo com o chefe de departamento tarifário da Arsam, Amiraldo Braga, a fiscalização nos feriados tem como proposta regular as saídas e entradas de veículos, transportes intermunicipais da capital, monitorar o cumprimento das normas de trânsito, evitar acidentes durante o percurso, e valorizar a vida.

Compete a Arsam:
Transporte Rodoviário Intermunicipal Coletivo de Passageiros

É assegurado ao usuário dos serviços de transporte intermunicipal coletivo de passageiros ser transportado com pontualidade e em condições de segurança, higiene e conforto, do início ao término da viagem.

• Ter garantido seu lugar no ônibus, nas condições especificadas no bilhete de passagem.
• Ser atendido com cordialidade pelos funcionários das empresas de ônibus e pelos agentes de fiscalização da Arsam.
• Receber da empresa de ônibus informações corretas sobre as condições dos serviços, tais como: horário e tempo de viagem, localidades atendidas, preços de passagens e outros.
• Transportar, gratuitamente, volumes no bagageiro ou porta embrulhos, observando os limites estabelecidos.
• Receber comprovantes dos volumes transportados no bagageiro.
• Ser indenizado por extravios ou danos nos volumes transportados no bagageiro.
• Receber, em caso de acidente, imediata e adequada assistência por parte da empresa de ônibus.
• Transportar gratuitamente crianças menores de até 10 (dez) anos de idade, devidamente acompanhadas de responsável.
• Transportar gratuitamente idosos maiores de 60 (sessenta) anos
• Transportar gratuitamente pessoas portadoras de deficiência com reconhecida incapacidade de locomoção.
• Transportar, gratuitamente, durante o período letivo, o aluno da rede escolar oficial devidamente uniformizado e identificado. O usuário terá recusado seu embarque, ou determinado desembarque quando:
• Não se identificar, quando exigido.
• Transportar ou pretender embarcar com produtos considerados perigosos.
• Pretender embarcar com objetos de dimensões e acondicionamento incompatíveis com o bagageiro ou porta embrulho.
• Comprometer a segurança, o conforto ou a tranquilidade dos demais passageiros.
• Recusar-se ao pagamento da tarifa.
• Embarcar com trajes manifestamente impróprios ou ofensivos à moral pública.

FOTO: DIVULGAÇÃO/ARSAM