As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Arsam divulga rotinas para evitar desperdício de água e obter economia no orçamento doméstico

Em comemoração ao Dia Mundial da Água (22 de março), a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) divulga orientações aos usuários do sistema público de abastecimento de água e esgotamento sanitário da cidade de Manaus com o intuito de que sejam preservados os recursos hídricos, através do controle de desperdícios e outras perdas. Além disso, as orientações proporcionarão economia no orçamento mensal dos usuários.

Os técnicos do órgão explicam que é possível conseguir uma economia diária de 12 a 80 litros se os usuários mantiverem torneira fechada enquanto escovam os dentes. Os banhos demorados também devem ser evitados, e o chuveiro deve ser desligado quando a pessoa estiver fazendo a sua higienização. Descarga consome muita água, portanto, não deve ser utilizada à toa. Consome-se de 6 a 10 litros de água ao acionar sua válvula.

Os restos de comida de pratos e panelas devem ser jogados no lixo antes que eles sejam lavados. A máquina de lavar deve ser utilizada apenas com a sua capacidade total, pois uma lavadora de cinco quilos consome 135 litros de água a cada lavagem. No tanque, as pessoas devem fechar a torneira enquanto ensaboam e esfregam a roupa.

Carros não devem ser lavados com mangueira. O ideal é utilizar um balde e um pano. A mangueira também não deve ser usada para limpar a calçada. Ao invés disso, deve ser utilizada uma vassoura. Os técnicos alertam que usar a mangueira como “vassoura” durante quinze minutos pode desperdiçar cerca de 280 litros de água.

Instrumentos de medição – Para economizar, é necessário saber como e o quanto se paga pelo que é consumido, e isso só é possível através do acompanhamento dos instrumentos de medição, como hidrômetros e caixas d´água. O hidrômetro é um aparelho utilizado para medir e registrar o volume de água consumido por um imóvel.

O hidrômetro possui padrões tecnológicos, aprovados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), e somente a concessionária Manaus Ambiental, responsável pela prestação do serviço, poderá instalá-lo, lacrá-lo e prestar assistência técnica. Portanto, o hidrômetro instalado em um imóvel é de propriedade da concessionária, porém, a integridade física dele é de responsabilidade do usuário.

É aconselhável que o medidor seja instalado em um local de fácil acesso e com proteção, pois todos os meses um funcionário “leiturista” anotará o consumo de água registrado, para que o valor da conta seja calculado. Em caso de mau funcionamento, danos ou qualquer tipo problema, o usuário deve, imediatamente, entrar em contato com a Manaus Ambiental.

Aprenda a calcular sua conta de água – Cada vez que uma torneira é aberta, o hidrômetro entra imediatamente em ação. É ele quem registra a quantidade de água que o usuário consome e possui um lacre que não deve ser violado (obrigatório), pois o seu perfeito estado assegura que não houve adulteração no marcador.

Fazer a leitura do hidrômetro é simples. O usuário deve anotar os quatro números pretos, localizados em sua parte esquerda (de uma sequência de seis dígitos), e desprezar os números vermelhos (localizado na parte direita da citada sequência). Um mês depois de fazer a anotação, o usuário voltará a consultar a numeração dos números pretos e fazer uma conta de subtração.

O resultado desta equação indicará a quantidade de metros cúbicos consumidos durante este período. Por exemplo, se na primeira leitura os quatro números pretos registrarem 00549, e um mês depois a nova numeração desta sequência for 00632, o usuário terá consumido 0083 metros cúbicos de água no mês, pois 00632 – 00549 = 0083.

Direitos do consumidor – Além do uso racional da água, a Arsam também faz um alerta quanto aos direitos do consumidor. Os usuários devem ter acesso à concessionária, por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente – SAC, para solicitar serviços como: manutenção de rede, ligações de água e esgotamento sanitário, registro de reclamações sobre a prestação dos serviços, informações sobre as tarifas praticadas, leitura de hidrômetro para verificação de consumo, entre outros.

Os usuários devem ser atendidos em todas as solicitações feitas no prazo estabelecido e receberem os serviços de acordo com as condições e padrões técnicos vigentes. Também devem solicitar verificações nos instrumentos de medição de consumo, sempre que ocorrerem variações significativas, e ainda serem informados, com antecedência mínima de 48h, pelos meios de comunicação disponíveis, sobre quaisquer alterações ou interrupções na prestação dos serviços. Devem ainda recorrer à agência reguladora nos casos de atendimento inadequado por parte da Manaus Ambiental, através do telefone 0800280 8585, ou pessoalmente, por meio de registro nos postos de Ouvidoria da Arsam localizados no PAC São José (UAI Shopping) ou PAC Leste (Shopping Cidade Leste)

você pode gostar também