O prefeito Arthur Virgílio Neto defendeu uma maior valorização do Amazonas e do Polo Industrial de Manaus (PIM) durante a premiação Industrial do Ano, organizada pela Federação das Industrias do Estado do Amazonas (Fieam) e realizada na sexta-feira, 24/5, à noite, no Clube do Trabalhador Sesi, na zona Leste da cidade.

Durante seu discurso, que marcou o encerramento do evento, o prefeito que estava acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, destacou a importância da região para o mundo e o quanto é importante a permanência do PIM para garantir a preservação da floresta.

“Estamos falando de algo de interesse mundial, a região mais brilhante e talvez a última fronteira de desenvolvimento que possa contar esse país, porém o Brasil ainda não entendeu isso. Mas que deve saber fazer uma governança muito inteligente, competente e nítida em defesa desta região para com urgência se preservar um dos polos industriais mais relevantes do país, que protege a maior parte da floresta amazônica”, afirmou o prefeito.

O presidente da Fieam, Antônio Silva, explicou que a premiação é uma forma de reconhecer aquelas pessoas e empresas, que se destacaram, no último ano, e desenvolveram trabalhos relevantes no meio industrial.

“Em todo o Brasil , no mês de maio, todas as federações premiam aqueles que se destacam no mercado industrial e aqui não foi diferente. Hoje foi a noite em que a Fieam homenageou aqueles que fazem acontecer em nosso Estado”, declarou o presidente da Fieam.

Este ano, o prêmio Industrial do Ano foi concedido a Roberto Graziano, do grupo Magnun e o de Empresa Exportadora, a Recofarma Indústria do Amazonas. Na categoria Microindustrial do Ano, o agraciado foi Schurbert Pinto, fundador da Pharmakos da Amazônia.

Durante o evento, o prefeito de Manaus entregou a Medalha de Ordem do Mérito Industrial Moyses Israel, ao desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Flávio Humberto Pascarelli.

Texto – Ulysses Marcondes / Semcom

Foto – Mário Oliveira / Semcom