Take a fresh look at your lifestyle.

Arthur Neto: ‘não vou deixar dívidas’

-publicidade-

“Não deixei dívidas na primeira vez que fui prefeito e não vou deixar nessa última”, assegurou o prefeito Arthur Virgílio Neto, ao comentar sobre a transição de governo iniciada nesta quinta-feira, 3/12. A fala reflete, segundo Arthur, o cenário que a equipe do novo gestor eleito encontrará na Prefeitura de Manaus, com as contas públicas em dia e investimentos garantidos para áreas essenciais.

“Tenho como prática de governo manejar bem a questão econômica. Obtive empréstimos nacionais e internacionais, tudo calculado dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal. Todos os empréstimos com juros baixos e alguns com carência grande, em que o prefeito eleito nem vai precisar pagar durante o mandato dele. Manaus se tornou a ‘menina dos olhos’ da Secretaria do Tesouro Nacional, porque tem responsabilidade financeira”, declarou Arthur Neto.

Prestes a concluir seu terceiro mandato à frente do Executivo municipal, o prefeito de Manaus garantiu, também, que deixará a prefeitura com dinheiro em caixa, para que o novo prefeito possa dar continuidade às obras que, porventura, não puderem ser concluídas até o fim da gestão.

“Pretendemos entregar todas as obras até o fim da gestão, mas se alguma ficar pendente vou deixar dinheiro para que o novo prefeito as conclua. A Lei de Responsabilidade Fiscal é muito clara em relação a isso e eu sigo à risca”, disse Arthur, ao destacar que pretende sugerir a David Almeida que assine um termo se comprometendo a concluir as obras. “O que ficar pendente vai ficar com o dinheiro junto, com documento que gostaria de ver assinado por mim e prefeito eleito se comprometendo a dar a destinação ao dinheiro que está recomendada”, declarou.

A responsabilidade com os gastos e o planejamento do futuro são apontados por Arthur como alguns dos grandes legados que ele deixa ao sucessor. “Fizemos um ajuste fiscal verdadeiro, a cidade cabe no seu orçamento, não temos mais gastos irresponsáveis. Outro ponto é o ajuste previdenciário. A Manaus Previdência é a mais premiada do país, conquistamos oito títulos nacionais, o último, que está sendo entregue na noite desta quinta-feira, 3/12, é de melhor qualidade de investimento”, observou.

Na avaliação de Arthur, se o prefeito eleito mantiver o controle financeiro do município, terá sucesso como gestor. “Agradeço aos que me consideram um bom prefeito para Manaus, mas eu quero que os outros sejam ainda melhores, porque eu penso no bem da população. Nós pavimentamos o caminho para que o meu sucessor possa fazer uma grande administração. Estou procurando montar a infraestrutura, para que possa avançar em mobilidade urbana. O novo prefeito vai pegar uma cidade com crédito, com responsabilidade fiscal, e poderá fazer o máximo possível de obras”, afirmou.

Covid-19

Preocupado com a pandemia do novo coronavírus e muito atuante no enfrentamento aos efeitos da doença na capital amazonense, Arthur Neto disse ainda que segue em tratativas com o governo de São Paulo, para a disponibilização da vacina contra a Covid-19 à população de Manaus.

“Tenho conversado com o governador de São Paulo, João Dória, para que eles, tendo a vacina, possam vender 2,3 milhões de vacinas para Manaus. Se não der tempo de fazer isso ainda no meu governo, vou recomendar que ele receba o prefeito eleito e, se for o caso, o acordo pode ser feito com o prefeito eleito. O importante é todos terem acesso à vacina”

Texto – Mauricio Freire e João Pedro Figueiredo / Semcom
Foto – Alex Pazuello / Semcom

-publicidade-