Take a fresh look at your lifestyle.

Assista! David Uip admite que mentiu para Datena e diz que receita é verdadeira

-publicidade-

O chefe do centro de contingência contra o coronavírus em São Paulo, infectologista David Uip confirmou que a receita de cloroquina é verdadeira. Contudo, ele nega ter feito uso da cloroquina. A declaração ocorreu em entrevista à rádio Gaúcha nesta quarta-feira (08).

Ao admitir a veracidade da receita, Uip demonstra que mentiu na entrevista com o apresentador José Luiz Datena.

O apresentador questiona se o médico, infectado pelo coronavírus – e já curado -, utilizou a hidroxicloroquina em seu tratamento. “Eu segui regiamente o que me foi prescrito e orientado. Cabe aos meus médicos falarem sobre terapêutica, eu não vou falar”, disse Uip.
Ele se automedicou. Não houve “outro médico” envolvido.

Durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta, disse que tomará as “providências legais” contra quem invadiu a privacidade de sua clínica e pacientes.

“A minha privacidade foi invadida. A privacidade da minha clínica, que lida com clientes com sigilo absoluto, foi invadida. Tomarei as providências legais adequadas para a minha invasão de privacidade e de meus pacientes.”

Mais cedo, em entrevista à Rádio Gaúcha, Uip disse que sua clínica não compra a cloroquina em farmácia, mas, sim, na versão manipulada. E fez questão de pontuar que a receita que vazou tem a data de 13 de março, ou seja, 10 dias antes de seu diagnóstico. Por Gazeta Brasil.

Assista

 

-publicidade-