Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Associação de Bares e Restaurantes afirma: “Quem não seguir as regras e protocolos tem que ser punido”

A associação afirma que todos os seus associados estão seguindo, respeitosamente e criteriosamente, todas as regras e protocolos para funcionamento com segurança

Abrasel não concorda com aglomerações e descumprimento das regras e protocolos para funcionamento dos estabelecimentos, sempre repudia aglomerações, festas clandestinas e outras atitudes que coloquem a vida das pessoas em risco. Pensando nisso a associação está convidando a imprensa do Amazonas a visitar seus associados na tentativa de ajudar a mostrar como devem se comportar um estabelecimento preparado para receber as pessoas sem colocá-las em risco nesta época de pandemia.

A iniciativa nasceu após a aglomerações no bairro Eldorado, neste final de semana, que além de estar com o acumulo de pessoas bem maior do que o permitido, não se atentou para as demais regras e tão pouco o horário de funcionamento. No local apenas três associados da entidade da alimentação fora do lar, que fazem parte da praça, seguiram totalmente as regras e protocolos de segurança como manda o decreto atual do governo, o Monique Bar, Mika’s Chopp e Espetos Eldorado.

Esses três estabelecimentos cumpriram todas as regras: o distanciamento entre as mesas que tinham álcool em gel e comportava quatro pessoas em cada, tapetes de sanitização, sabonetes líquidos para a lavagem das mãos nos banheiros, funcionários de máscaras e viseiras, e ainda solicitavam dos clientes o uso de todos os itens mencionados, principalmente a máscara.

O presidente em exercício da Abrasel, Jean Fabrízio, afirma que: “Acreditamos que se todos obedecessem às regras nem horários restritivos precisariam existir. Nós apoiamos que o governo penalize exemplarmente quem não cumpre com os protocolos de segurança impostos pela FVS. Hoje chamamos para uma Reunião esses bares que ficam localizados no Eldorado, vamos orientá-los pessoalmente e ajudar a fazer um planejamento para que voltem a funcionar seguindo os protocolos. Os que não entrarem na linha e levar a causa com irresponsabilidade, devem sim ser punidos e até fechados. Não estamos num período para brincadeiras e atitudes que podem custar a vida das pessoas”.

No atual decreto ficou acordado que os restaurantes e bares funcionarão na categoria de restaurantes, apenas com 50% da capacidade, sem liberação de salão de dança e funcionarão de 6h às 23h, de segunda a sábado e de 07h às 16h no domingo. O delivery continua 24h e o Drive-thru foi estendido até as 23hr de todos os dias. Também funcionarão na categoria de restaurante, apenas com 50% da capacidade, sem música ao vivo e sem liberação do salão de dança, os restaurantes flutuantes de 9h às 16h de segunda a domingo, e os balneários de 7h às 16h, de segunda a domingo. O toque de recolher será as 00hr.

“O importante é podermos melhorar. Precisamos trabalhar com responsabilidade para alimentar nossas famílias e ajudar no combate deste vírus, com todos os protocolos de segurança necessários. Nós da Abrasel não concordamos com aglomerações e desorganizações, principalmente neste momento em que vivemos, isso não acontece com os associados da Abrasel, caso aconteça vamos tomar as medidas cabíveis e levar a assembleia. Não vamos deixar falta de responsabilidade e de compromisso prejudicar os demais que levam a sério” afirma o presidente.

-publicidade-