Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Até março de 2021, polícias prenderam 96 assassinos em Manaus

Pelo menos um autor de homicídio foi preso, por dia, em Manaus, de janeiro até março deste ano, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). No período, 96 infratores envolvidos em assassinatos na capital foram presos pela Polícia Militar e Polícia Civil. A maioria dos presos tem ligações com facções criminosas e cada prisão acaba representando a elucidação de dezenas de casos.

No ano passado, as prisões de autores de homicídios fecharam o ano com alta de 16,3%. Ao longo dos doze meses de 2020, foram colocados atrás das grades 512 criminosos envolvidos em mortes no estado. Em 2019, as prisões pelo crime totalizaram 440 infratores. Os dados de 2021 são parciais e não incluem a quantidade de adolescentes apreendidos pelo crime.

Responsável pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o delegado Charles Araújo diz que os resultados positivos ganham significado maior por conta da pandemia da Covid-19. Mesmo com o isolamento rigoroso imposto para evitar a proliferação da doença, as operações policiais continuaram.

“A Covid chegou e arrasou o mundo inteiro. Não foi diferente aqui no Amazonas, e na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, porém, eu tenho que enaltecer o trabalho dos nossos profissionais. Todos se desdobraram para a gente ter esse resultado e poder apresentar para vocês”, exaltou o delegado da Polícia Civil.

Em 2020, só a DEHS remeteu 436 inquéritos policiais à Justiça do Estado do Amazonas. Este ano, até fevereiro, a unidade policial já havia remetido à Justiça 95 casos.

Investigações de Feminicídio – O ano de 2020 também marcou um avanço importante na repressão de homicídios tendo mulheres como vítimas. No dia 7 de agosto de 2020, foi inaugurado o Núcleo de Combate ao Feminicídio. A coordenadora do Núcleo, delegada Marília Campello, salienta a celeridade do trabalho realizado na unidade policial.

“Os crimes são solucionados em semanas. Dos feminicídios ocorridos nos anos de 2019, 2020 e este ano, todos os autores se encontram presos, identificados ou qualificados”, enfatizou a delegada.

Outra melhoria, no ano passado, foi a entrega de uma van equipada, para auxiliar os trabalhos da DEHS. O veículo entregue pelo governador Wilson Lima é usado para procedimentos básicos iniciais do trabalho conjunto de delegados, investigadores, peritos e escrivães.

Denúncias – Informações sobre suspeitos de homicídios podem ser repassadas de forma anônima ao telefone 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança (SSP-AM). A população também pode fazer o relato diretamente para os telefones da DEHS, no (92) 98421-5336 e 3636-2874.

FOTO: Erikson Andrade / SSP-AM e acervo / SSP-AM

-publicidade-