Take a fresh look at your lifestyle.

ATENÇÃO BÁSICA: Cinco bilhões de reais foram destinados em quatro anos para 26 mil postos de saúde

-publicidade-

Cinco bilhões de reais foram destinados nos últimos quatro anos para reformar e ampliar 26 mil postos de saúde. Os recursos saíram do Ministério da Saúde e foram repassados a cinco mil municípios por meio do programa Requalifica UBS, Unidade Básica de Saúde. De acordo com o diretor do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Eduardo Melo, o objetivo do programa é melhorar as unidades de saúde já existentes, além de construir novas unidades para aumentar e qualificar o atendimento à população pelo SUS.

“As unidades básicas de saúde, elas têm condição de resolver a grande maioria dos problemas de saúde da população. Para isso acontecer é fundamental que a estrutura física dessas unidades, ela permita tanto que os trabalhadores dessas unidades – os médicos, os enfermeiros, os técnicos – tenham boas condições de trabalho para poder oferecer os serviços de maneira adequada e também uma boa estrutura contribui para que os pacientes se sintam melhor tratados, melhor acolhidos, enfim, um ambiente humanizado a gente sabe que facilita bastante o cuidado à atenção nessas unidades básicas de saúde”.

O Requalifica UBS, Unidade Básica de Saúde permite que sejam firmadas parcerias com os municípios para que os gestores locais estruturem os postos de saúde e ofereçam melhor atendimento à população, como explica o diretor do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Eduardo Melo.

“O Ministério da Saúde, ele financia as obras para melhorar a estrutura física da Atenção Básica nos municípios e os municípios são responsáveis por fazer todo o processo de execução da obra, desde a licitação da obra até a efetiva conclusão e o funcionamento na sequencia. O que a gente precisa é somar esforços – o Ministério da Saúde, as secretarias estaduais de saúde e as secretarias municipais de saúde – para que cada vez mais a gente possa ter uma Atenção Básica resolutiva, com unidades básicas de saúde em bom estado e que consigam deixar as pessoas satisfeitas com a atenção, com o cuidado que elas recebem lá no dia a dia dessas unidades”.

Atualmente, mais de 22 mil obras de postos de saúde estão em andamento ou já foram concluídas. E mais de 40 mil unidades básicas de saúde estão em funcionamento em todo o país. Nessas unidades trabalham equipes de saúde da família que se somam aos cerca de 14 mil profissionais contratados pelo Programa Mais Médicos. Para saber mais sobre programas e investimentos para qualificação do atendimento à população, acesse o site do Ministério da Saúde. O endereço é www.saude.gov.br.

Reportagem, Fábio Ruas

-publicidade-