O amazonense, Helisson Bresson, 18, foi bronze no Pan-Americano de Luta Olímpica, realizado na Guatemala, de 24 a 27 de maio. O atleta, que foi revelado através de projeto social, atualmente faz parte do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (Ctara), que é gerido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Helisson compete desde o início do ano, foi campeão amazonense em fevereiro e campeão brasileiro, em março, no nacional da Wrestling, ocorrido no Rio de Janeiro, onde assegurou sua vaga para Guatemala.

De acordo com o técnico do atleta, Anderson Alves, que o acompanha desde quando ele começou a treinar a modalidade, Helisson estava preparado. “Ele estava bem treinado, em forma. Na primeira luta conseguiu bater o atleta da Argentina, que inclusive já havia batido no Sul-Americano do ano passado; na segunda, foi vencido pelo americano, onde nós percebemos que precisaremos melhor mais. Na terceira, para conquistar o bronze, ele lutou muito bem e venceu um peruano”, disse o técnico.

Mesmo com a derrota para o americano, o amazonense ficou muito feliz com o bronze, mas frisa que o Pan-Americano lhe mostrou que precisa treinar e melhorar. “Eu estou com uma ótima sensação de felicidade. É meu primeiro Pan-Americano e eu senti que o nível técnico é muito forte na competição. Já participei do Sul-Americano, mas percebi, quando perdi para o americano, que é preciso melhorar e treinar ainda mais. Estou feliz com o bronze, mas saio daqui com o objetivo de treinar mais, me preparar mais e trazer um ouro para o Brasil num próximo Pan”, comentou Bresson

FOTO: MAURO NETO/SEJEL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here