jiu-jitsu

Sob comando do experiente faixa preta da categoria pesadíssimo, João Lúcio Borges (campeão mundial), vinte atletas da academia/projeto social ‘Parintins Jiu-Jitsu Borges Figth Team’, se preparam para representar a cidade e o Amazonas na Copa América de Jiu-Jitsu Esportivo, que começa dia 21 de março, em Manaus.Para chegar bem na competição continental e trazer medalhas pra Parintins, os atletas não trabalham apenas a parte física e técnica, mas também a parte psicológica.  “Sempre digo que o atleta tem que ter boa cabeça para lutar, aqui no projeto ele vai achar tudo isso”, declarou João Lúcio Borges, em entrevista a rádio web Gazeta Parintins.

Exemplo para a nova geração do Jiu-Jitsu parintinense, o lutador busca o tetracampeonato na Copa América, treinando ao lado dos jovens atletas. “Já fui medalha de ouro em 2010, 2012 e 2014, e quero ser campeão seguido da Copa América, e quebrar esse tabu de só ganhar o primeiro lugar um ano sim e um ano”, disse Borges.

“Parintins Jiu-Jitsu é projeto social que vai completar 13 anos, e já revelou vários atletas campeões. Estamos fazendo agora em 2015 um trabalho diferenciado, trabalhando com pessoas mais carentes, e nosso treinamento está indo muito bem”, ressaltou.

Mérito
JIUJITSUbrutusSexta-feira, dia 06 de fevereiro, João Lúcio Borges, foi premiado como ‘Melhor Atleta do Ano’, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). “Várias autoridades citaram meu nome, dentre elas, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, um dos percussores do Jiu-Jitsu no Estado, que me ajudou muito, desde quando fui disputar o mundial nos Estados Unidos”.
O campeão do Mundo e das Américas, relembra que no início da carreira, quando disse que queria ser campeão brasileiro e mundial, chegou a ser chamada de doido por pessoas que não acreditavam em seu potencial.

“Graças a Deus fui campeão mundial e essas mesmas pessoas que  diziam que eu não ia consegui, depois se encorajaram e começaram a acreditar que tudo é possível. Não existe o impossível, então, eu tou repassando isso para essa molecada que vai disputar a Copa América emmarço, tenho certeza que vai sair daqui vários campões, não só amazonenses, como brasileiro e mundial”, finaliza o faixa preta, que voltou a morar em Parintins, após concluir o curso de Direito em Manaus.

Promessa

atleta Lauro Conceição Gaspar
atleta Lauro Conceição Gaspar

Um dos que querem seguir os passos de João Lúcio Borges, e chegar longe no esporte, é o atleta Lauro Conceição Gaspar, de 14 anos de idade, uma das revelações da modalidade em Parintins. O adolescente, que vai ser um dos representantes da delegação parintinense na Copa América de Jiu-Jitsu Esportivo, treina forte para o desafio.

“Estou bastante focado para a Copa América. A única coisa que o Mestre João Lúcio cobra é a dedicação e empenho nos treinamentos, para que a gente possa conquistar bons resultados no tatame.”, relatou Lauro Gaspar, que recentemente conquistou o terceiro lugar em uma competição realizada na Capital do Estado.

O atleta faixa branca ressalta que antes de treinar Jiu-Jitsu passava maior parte do tempo na rua e jogando videogames. “Agora que estou no esporte minha vida melhorou muito. Meus pais também me incentivam e me dão forças para que possa lutar pra alcançar meus objetivos”.

Por: Geandro Soares\gazetaparintins.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here