As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Autor da morte da miss Kimberly Mota tem salário suspenso pelo TRT-AM

Ele pode ser exonerado do cargo

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) suspendeu o salário do analista judiciário Rafael Fernandes Rodrigues, que já está preso em cela comum no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), autor confesso de assassinar a Miss Manicoré Kimberly Karen Mota. O TRT estuda ainda a exoneração de Rafael do cargo que ocupava.

Segundo o órgão, desde o dia 11 de maio deste ano, Rafael não recebe remuneração, em razão de não comparecer ao serviço. A determinação de suspensão do pagamento durará enquanto ele permanecer ausente, pois a contrapartida para o recebimento se baseia no exercício do cargo.

Já em relação ao processo de exoneração do cargo, a questão possui disciplina própria na Lei nº 8.112/90 e ainda será objeto de apreciação pelo TRT em Processo Administrativo Disciplinar (PAD), no momento oportuno, tendo em vista que o ato confessado por Rafael ainda não foi objeto de julgamento pelo Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas.