Amazonas Notícias

Auxiliar de Saúde Bucal é profissão de rápida formação e atuação diversa

Entre os profissionais mais requisitados na área de saúde está o Auxiliar de Saúde Bucal (ASB). Quem escolhe essa formação conta com diversas vantagens que inclui a rápida formação, oportunidades para atuar tanto em consultórios particulares, clínicas populares e até instituições públicas, além de um salário de R$ 2.300.

Entre as atribuições do ASB, está o de auxiliar o dentista na rotina da clínica, seja organizando os instrumentos que serão utilizados em procedimentos ou dando suporte em atendimentos.

“Muitas pessoas investem nessa formação porque ela tem duração de apenas sete meses, então em pouco tempo elas já estarão atuando no mercado de trabalho”, informou o professor do curso de ASB no Centro de Ensino Literatus e dentista, Maycon Luiz.

O curso de ASB também é procurado por quem sonha em atuar um dia como dentista, mas por questões financeiras não tem como no momento investir na formação superior.

Referência em Educação Profissional, o Literatus é a única instituição de Manaus a oferecer o curso de ASB da modalidade de Ensino a Distância (EaD), o que permite que o aluno consiga estudar, trabalhar e dar conta dos demais compromissos do dia a dia. 

Para a aluna Elaine Gomes, de 31 anos, que já atuou na área e agora busca formação, a grande quantidade de vagas na área e a rapidez para entrar no mercado foram os principais atrativos para apostar no curso. 

“Por ser um curso EaD, eu economizei no transporte e, como tenho um filho pequeno, a possibilidade de fazer as aulas teóricas em casa acabou facilitando a minha rotina”, disse Elaine, ressaltando que é essencial ter disciplina e manter o foco nos estudos. 

Quem também resolveu investir na formação foram as irmãs Jéssica Moreira, de 25 anos, e Vanessa Moreira, de 28 anos, que estão fazendo pela primeira vez um curso na modalidade a distância.

“Me matriculei no curso por indicação da minha cunhada que é dentista. E estou gostando bastante, fico contando os dias para as aulas práticas presenciais”, comenta Jéssica.

Já Vanessa conta que estava desmotivada com o curso que estava fazendo em outra instituição e encontrou no ASB a oportunidade de trabalhar numa área promissora. “Eu estava trabalhando à noite e a minha rotina estava muito corrida, vivia cansada e não tinha tempo para nada, e vi na formação ASB a chance de iniciar uma nova carreira”, disse.

Relacioandos