Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Avaliação de locais para instalação de câmeras de monitoramento começa a ser feito pelo CCC

O total de 41 câmeras de monitoramento, instaladas em pontos estratégicos, deve começar a operar a partir de abril, na capital, auxiliando os trabalhos da Prefeitura de Manaus. Durante reunião ocorrida nesta quarta-feira, 10/3, no Centro de Cooperação da Cidade (CCC), em Adrianópolis, zona Centro-Sul, entre o superintendente do órgão e representantes da Casa Militar, do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), foram discutidos os locais adequados, para a instalação dos equipamentos, para auxiliar o Executivo municipal a responder de forma mais rápida às situações de crise. Na ocasião, uma Comissão de Trabalho e Cooperação foi criada.

As 41 novas câmeras devem atender inicialmente de forma cooperada as demandas de trânsito, transporte, Defesa Civil e Guarda Municipal. Cada equipamento consegue visualizar uma área em 360°, além disso, uma mesma câmera pode executar a função de outras quatro, por dispor de um sistema que permite que até quatro monitores possam utilizar as mesmas imagens, de acordo com a função da sua secretaria.

A definição dos pontos estratégicos está sendo realizada de forma colaborativa entre as secretarias interessadas em trabalhar com a estrutura, o que para o superintendente do CCC, Sandro Diz, é a parte prática do que foi determinado pelo prefeito David Almeida sobre o trabalho de gestão com cooperação.

“É determinação do prefeito que o CCC seja uma ferramenta de resposta para a cidade e esse sistema de monitoramento é mais uma ferramenta de inovação e tecnologia, que colocará Manaus entre as grandes capitais do país, preparando a cidade para o futuro”, disse Sandro.

Identificação

As novas câmeras possuem sistema LPR – sigla para License Plate Recognition ou Reconhecimento de Placas de Veículos – que capturam e reconhecem as placas de veículos, inibindo os condutores de cometerem infrações e proporcionando mais segurança aos cidadãos, uma vez que o sistema pode identificar de forma mais ágil até veículos roubados.

Texto – Divulgação / CCC

Foto – Divulgação / CCC

-publicidade-