Amazonas Notícias

*Avanços tecnológicos revolucionam o tratamento de doenças urológicas*

Os avanços tecnológicos têm desempenhado um papel crucial no diagnóstico e tratamento de várias doenças, especialmente no campo da Urologia, especialidade médica dedicada ao diagnóstico e tratamento de doenças do trato urinário e do sistema reprodutor masculino. As doenças urológicas afetam grande número de pessoas em todo o mundo, e as novas tecnologias estão revolucionando a forma como essas condições são abordadas, afirma o cirurgião uro-oncologista da Urocentro Manaus, Dr. Giuseppe Figliuolo.

De acordo com ele, novas técnicas minimamente invasivas têm apresentado resultados significativos e auxiliado na melhoria da qualidade de vida dos pacientes urológicos.

“A cirurgia robótica, por exemplo, tem ganhado destaque, permitindo aos cirurgiões maior precisão e controle durante os procedimentos. Com o uso de robôs cirúrgicos assistidos por computador, é possível realizar cirurgias complexas com incisões menores, redução do tempo de internação e menor risco de complicações para os pacientes”, explicou o cirurgião, que é presidente da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), seccional Amazonas.

Já a enucleação endoscópica tem se destacado como uma técnica cirúrgica inovadora no campo dos procedimentos minimamente invasivos. A abordagem avançada é utilizada no tratamento de condições como a hiperplasia benigna da próstata e tumores no trato urinário.

A cirurgia, segundo o médico, é feita sem cortes, permitindo a retirada completa do crescimento benigno da próstata, preservando completamente a função erétil e a continência urinária.

“Os pacientes submetidos à enucleação endoscópica experimentam menor dor pós-operatória, perda de sangue reduzida, tempo de internação mais curto e recuperação mais rápida em comparação com procedimentos cirúrgicos convencionais. Além disso, a enucleação endoscópica pode ser uma opção viável para pacientes com condições de saúde subjacentes, que podem não ser candidatos ideais para cirurgias mais invasivas”, frisou.

Outro avanço que tem se mostrado eficaz é a aplicação de laser no tratamento de cálculos urinários. A técnica é considerada uma técnica inovadora e oferece uma alternativa eficaz e minimamente invasiva aos procedimentos cirúrgicos tradicionais, resultando em menor tempo de recuperação e complicações reduzidas para os pacientes.

No tratamento com laser, um equipamento especializado emite pulsos de energia laser direcionados para os cálculos urinários, fragmentando as pedras em pequenos pedaços. Esses fragmentos podem ser facilmente eliminados pelo trato urinário do paciente ou removidos durante a abordagem . “O uso do laser permite que os médicos atinjam os cálculos com precisão, evitando danos aos tecidos adjacentes e minimizando o desconforto do paciente”, explica o especialista.

A abordagem tem se mostrado particularmente eficaz em casos de cálculos renais complexos ou grandes, onde a cirurgia convencional seria mais invasiva.

A telemedicina também tem desempenhado um papel importante no tratamento de doenças urológicas, especialmente em regiões remotas ou com acesso limitado a especialistas, como é o caso do Amazonas. “Através de consultas virtuais, os pacientes podem obter orientação médica, acompanhamento de tratamentos e suporte, reduzindo a necessidade de deslocamento e aumentando a acessibilidade aos cuidados de saúde”. Ele afirma, ainda, que outra vantagem é o acesso facilitado ao diagnóstico precoce, permitindo que tratamentos para diversas patologias sejam iniciados em tempo hábil e apresentem melhores resultados.

Figliuolo assegura que, com o contínuo progresso da tecnologia médica, é esperado que mais inovações surjam, aprimorando ainda mais a qualidade de vida dos pacientes afetados por essas condições.

Relacioandos