O caso foi registrado no Nebraska, Estados Unidos, e conta uma bonita história de amor de mãe e filho. Ele é homossexual, mas sempre sonhou em ser pai e constituir a própria família.

Quando Matthew e o companheiro Elliot decidiram recorrer a uma barriga de aluguel, Cecile ofereceu-se para carregar, ela própria, a neta.

A imprensa internacional explica que Cecile submeteu-se a vários tratamentos de fertilidade, pois há dez anos havia entrado na fase da menopausa, mas nunca desistiu.

Uma, a bebê, nasceu na última segunda-feira, após ter sido feita uma fertilização in vitro com os espermatozóides do filho (pai da criança) e os óvulos da filha (mãe da criança). Por outras palavras: Cecile é mãe de Matthew e Lea. Matthew é gay, mas queria muito ser pai. Então, Lea doou os seus óvulos ao irmão, que foram fecundados pelos seus espermatozóides e, posteriormente, implantados no útero de Cecile. E assim, Uma nasceu do ventre da avó.

As imagens do parto que, ao contrário do que se esperava, foi natural, foram captadas por um fotógrafo amigo da família e compartilhadas no Facebook. Com informações do Minuto ao Minuto.